"Conto muito com o apoio dos gaúchos", diz Rê Adegas, que passou de fase no The Voice Brasil - Entretenimento

Versão mobile

 

Tem a nossa torcida24/08/2018 | 16h53Atualizada em 24/08/2018 | 16h53

"Conto muito com o apoio dos gaúchos", diz Rê Adegas, que passou de fase no The Voice Brasil

A gaúcha segue, agora, para a fase de Batalha dos Técnicos

A primeira noite da fase tira-teima do The Voice Brasil, na quinta-feira, consagrou a voz da gaúcha Rê Adegas, que foi a primeira escolha do técnico Carlinhos Brown, depois de cantar Ligia, de Tom Jobim

rê adegas , gaúcha , the voice brasil.
Foto: Reprodução / TV Globo/Divulgação

—  Acho que, quando a gente traz Tom Jobim e suas nuances, (o artista) merece ficar no programa — afirmou Brown, ao escolher Rê.

Além dela, o público salvou Maraia Takai e Lia Gondim também foi adiante, enquanto LC Negão, também do quarteto de Brown, se despediu do The Voice.

"The Voice Brasil": conheça Rê Adegas, a gaúcha que venceu a "batalha" e passou de fase no reality

Em entrevista via WhatsApp, ainda no Rio de Janeiro, Rê afirmou que, mesmo estando acostumada a se apresentar nos palcos, a experiência, ao vivo, no palco do The Voice trouxe uma emoção diferente.

— Foi muito mais eletrizante, saber que todo mundo estava assistindo. Estou realmente muito empolgada para continuar e contando muito com o apoio dos gaúchos — afirma Rê, lembrando que essa fase marca o início da votação popular. 

Léo Pain, o "Elvis da música sertaneja"

the voice brasil, léo pain.
Léo Pain mandou bem nas BatalhasFoto: Isabella Pinheiro / Divulgação/ TV Globo

Enquanto isso, Léo Pain, que passou da fase de Batalhas nesta terça (21), se prepara para sua participação na nova fase, que deve ocorrer na próxima semana. Nas Batalhas, ele venceu a dupla Marcio & Douglas e ganhou destaque na internet pelo vozeirão afinado que chamou atenção dos técnicos. Além disso, o gaúcho, do time de Michel Teló, chamou atenção nos bastidores do programa por uma suposta semelhança com Elvis Presley (1935 - 1977). 

— É curioso ser conhecido como uma espécie de Elvis do sertanejo, foi a primeira vez que alguém me disse isso. Ouvi isso das duas meninas que são backing vocal da banda do The Voice. Depois do show, no camarim, no camarim a gente conversou e elas disseram que eu parecia com o Elvis (risos) — comenta o cantor, em entrevista por telefone. 

Nos próximos dias, ele afirma, sua rotina será de descanso e folga para a garganta, para chegar tinindo na apresentação. 



 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros