Michele Vaz Pradella: "Uma deliciosa aventura no tempo" - Entretenimento

Versão mobile

 

Noveleiros04/08/2018 | 10h00Atualizada em 04/08/2018 | 10h00

Michele Vaz Pradella: "Uma deliciosa aventura no tempo"

A nova novela das 19h, "O Tempo Não Para", traz humor e ação na medida certa

Michele Vaz Pradella: "Uma deliciosa aventura no tempo" João Miguel Júnior/TV Globo/Divulgação
Marocas e a família embarcaram em 1886... Foto: João Miguel Júnior / TV Globo/Divulgação

Saímos, enfim, da "idade das trevas" que povoava Deus Salve o Rei. A atmosfera sombria da novela que terminou dia 31 deu lugar a muitas cores, comédia e situações inusitada. 

O Tempo Não Para começou esta semana como uma boa aposta para o horário. A ideia dos "congelados" terem resistido a 132 anos em blocos de gelo é surreal? Sim! Mas é ficção, entretenimento, não precisa ter compromisso com a realidade.

A produção da trama apostou em boas sequências no naufrágio do navio Albatroz. O desespero dos tripulantes, as imagens impressionantes da embarcação sendo tragada pelas águas, tudo isso lembrou, e muito, o filme Titanic (1997). Os efeitos especiais foram dignos de grandes produções hollywoodianas. Parabéns aos envolvidos!

Promissora

o tempo não para, Marocas ( Juliana Paiva ) diante de Samuca ( Nicolas Prattes )
...e desembarcaram em 2018!Foto: João Miguel Júnior / TV Globo/Divulgação

Mas nem só de efeitos, cenários e reconstrução de época é feita uma boa novela. Mário Teixeira apostou em diálogos inspirados, uma história que prende a atenção do público e pode ser contada de forma a convencer a todos nós, aqui do outro lado da telinha, que é possível dormir em um século e acordar em outro, em um piscar de olhos. As confusões da família Sabino Machado estão apenas começando, vale a pena acompanhar e se divertir, sem questionar se é realista ou não. Ficção é isto!

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros