Como falar sobre abuso sexual com crianças e adolescentes - Entretenimento

Versão mobile

 

Falando de Sexo18/09/2018 | 20h00Atualizada em 23/09/2018 | 17h01

Como falar sobre abuso sexual com crianças e adolescentes

É de fundamental importância conversar sobre o assunto.

Como falar sobre abuso sexual com crianças e adolescentes Reprodução/Reprodução
Foto: Reprodução / Reprodução

Eu e meu marido conversamos sobre um caso de pedofilia sofrido pela filha de um colega de trabalho dele. Ficamos preocupados e queremos saber se deveríamos falar com nossos filhos sobre abuso sexual.

Pois é, amiga, as famílias ainda têm muita dificuldade de falar sobre sexo em casa. Muitos pais acham que, ao conversar sobre isto, podem estar incentivando os filhos a transar. Não é bem assim! É importante conversarmos com eles sobre tudo, inclusive, a respeito de questões sexuais. Não precisa ser um papo com data e horário marcados. Aproveite um gancho de alguma cena de novela ou de seriado e puxe o assunto, perguntando se há alguma dúvida sobre este assunto.

Leia outras colunas

O tema do abuso sexual de crianças e adolescentes é uma triste realidade e pode acontecer com pessoas que estão muito próximas da gente. É de fundamental importância conversar sobre o assunto. 

Perigos da web

As crianças precisam aprender, desde pequenas, a conhecer e respeitar seus corpos, a terem claro que ninguém tem o direito de manipulá-las, machucá-las ou forçá-las a qualquer comportamento sexual.

A principal orientação que os pais devem passar para os seus filhos é a de não fazer amizade com estranhos, principalmente, na internet. Explique que as pessoas costumam usar perfis falsos para aproximarem-se. Confira os amigos que eles têm nas redes sociais e estejam sempre atentos aos bate-papos. 

Se você tem dúvidas ou sugestões de assunto, escreva para falandodesexo@diariogaucho.com.br

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros