MP pede que Júlio Cocielo seja condenado a pagar R$ 7 milhões por ofensas a Mbappé  - Entretenimento

Versão mobile

 

Polêmica14/09/2018 | 08h35

MP pede que Júlio Cocielo seja condenado a pagar R$ 7 milhões por ofensas a Mbappé 

Ação civil pede também a quebra do sigilo bancário do youtuber

MP pede que Júlio Cocielo seja condenado a pagar R$ 7 milhões por ofensas a Mbappé  Youtube / Reprodução/Reprodução
Além de multa, promotores pedem quebra do sigilo bancário do youtuber Foto: Youtube / Reprodução / Reprodução
GaúchaZH
GaúchaZH

Nesta quarta-feira (12), dois promotores do Ministério Público de São Paulo ajuizaram uma ação civil contra o youtuber Júlio Cocielo. Eduardo Valério e Bruno Orsini  Simonetti acusam o vlogger de racismo pelo tuíte em que disse que Mbappé "conseguiria fazer uns arrastões top na praia". Além disso, os promotores de Direitos Humanos pedem que a webcelebridade seja condenado a pagar R$ 7 milhões por danos coletivos. As informações são do UOL.

Leia mais
Júlio Cocielo faz vídeo pedindo desculpas por comentário racista
Milhares de tuítes somem do perfil do youtuber Júlio Cocielo após comentário racista sobre Mbappé
Após comentário racista, youtuber Júlio Cocielo perde parcerias com marcas

Após a repercussão negativa nas redes sociais, os promotores levaram o caso à Justiça e solicitam também que seja feita a quebra do sigilo bancário de Cocielo. 

"Trata-se de um jovem jogador negro, francês de ascendência camaronesa, de compleição física robusta e que mostrou, nos jogos da seleção francesa na Copa da Rússia, impressionantes velocidade e explosão, daí advindo,  notória manifestação de racismo, a sua associação com os assaltantes (negros, na ótica do autor) que praticam crimes de roubo nas praias brasileiras, sobretudo fluminenses, sempre sob contínua e desabalada corrida", diz um trecho da ação.

O processo também avalia a atitude do youtuber, que apagou mais de 30 mil tuítes antigos após os comentários que recebeu na publicação. Na época, Cocielo foi às redes sociais pedir desculpas por sua atitude e, mesmo assim, marcas retiraram parcerias com a webcelebridade.



g>.



 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros