O que levar em conta para engravidar - Entretenimento

Vers?o mobile

 

Falando de Sexo24/09/2018 | 20h00Atualizada em 24/09/2018 | 20h00

O que levar em conta para engravidar

Não fique tensa pensando só em engravidar. Curta a transa com muito tesão! E, é claro, consulte com o seu ginecologista.

O que levar em conta para engravidar Reprodução/Reprodução
Foto: Reprodução / Reprodução

Estou casada há dois anos, e estamos querendo engravidar. Mas preciso dizer que não tenho muitas experiências sexuais. O meu marido foi o único homem com quem transei. O que eu tenho dúvida é que sempre que termina a relação sexual o esperma sai todo para fora, não fica lá dentro. Será que eu consigo engravidar mesmo assim? 

É natural que o líquido ejaculado (esperma) escorra, o que não impede que você engravide. Imagine que o normal do homem é ter 20 milhões de espermatozoides por mililitro de esperma, e que 50% deles são móveis – isto é, têm a capacidade de sair da vagina e chegar à trompa para encontrar o óvulo. 

Volume

O volume normal em cada ejaculação varia entre 1,5ml e 5ml. Bastaria um espermatozoide para engravidar, mas parece que eles precisam trabalhar em grupo para que alguns cheguem à trompa, e um deles fertilize o óvulo. 

Muitos homens com número menor de espermatozoides conseguem engravidar uma mulher. 

Frequência

Se vocês estão tentando engravidar, é recomendável que as relações sexuais aconteçam, em média, três vezes por semana, em dias alternados. Não resolve ter três relações só no sábado, por exemplo, porque o período ovulatório da mulher não ocorre apenas nos fins de semana! 

Alguns médicos indicam que, no período ovulatório, deve-se ter relações no 10º, 12º, 14º, 16º e 18º dia após a menstruação, ou seja, dia sim, dia não. Mas não fique tensa pensando só em engravidar.

Curta a transa com muito tesão! E, é claro, consulte com o seu ginecologista.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros