Sequestrador do irmão de Zezé di Camargo e Luciano é um dos fugitivos de prisão no Paraná - Entretenimento

Versão mobile

 

Foragido12/09/2018 | 07h42

Sequestrador do irmão de Zezé di Camargo e Luciano é um dos fugitivos de prisão no Paraná

De acordo o Depen, a ação teria sido orquestrada por membros de facções

Sequestrador do irmão de Zezé di Camargo e Luciano é um dos fugitivos de prisão no Paraná /
Zezé di Camargo e Luciano e seu irmão, Wellington Camargo
GaúchaZH
GaúchaZH

Preso pelo sequestro do cantor Wellington Camargo, irmão de Zezé di Camargo e Luciano, Ozélio de Oliveira, o Sumô, está na lista dos 29 fugitivos da Penitenciária de Piraquara (PEP I), divulgada nesta terça (11) pelo Depen (Departamento Penitenciário do Paraná). Um grupo de bandidos fortemente armados explodiu um dos muros da prisão e trocou tiros com policiais por volta das 3h30 da madrugada. Agentes federais ainda estão investigando o caso.

Leia mais
"O Outro Lado do Paraíso" terá sequestro baseado no caso do irmão de Zezé e Luciano
PF investiga participação de Papagaio em ataque a prisão que libertou 29 detentos do PCC
Papagaio estaria envolvido em ataques a carros-fortes e explosão de muro de penitenciária, diz polícia

De acordo o Depen, a ação teria sido orquestrada por membros de facções. Ozélio é um dos líderes do PCC (Primeiro Comando da Capital) em Roraima e foi condenado a mais de 200 anos de prisão por vários crimes diferentes, incluindo o sequestro do irmão da dupla sertaneja. Em 2002, ele chegou a escapar de um presídio em Maceió (Alagoas) e, em 2006, do Presídio Estadual de Foz do Iguaçu.

Relembre o caso
 

 O sequestro de Wellington Camargo durou mais de três meses. Ele foi levado por homens armados de dentro de sua casa em 16 de dezembro de 1998.  Na madrugada do dia 13 de março de 1999, Wellington Camargo teve parte da orelha cortada e enviada para uma emissora de TV. Na época, exames confirmaram que a orelha era do músico.  

Os criminosos pediram inicialmente US$ 5 milhões de resgate, mas reduziram para US$ 300 mil. O valor foi pago em 20 de março.  No dia seguinte, Wellington foi deixado pelos sequestradores dentro de um buraco, a 150 metros de uma estrada, entre Goiânia e Guapó, na Região Metropolitana. 

Três dias após o pagamento do resgate, no dia 23 de março de 1999, sete dos acusados de sequestrar Wellington Camargo foram presos em Campo Grande (MS), entre eles, Ozélio de Oliveira. Os outros três integrantes da quadrilha foram presos alguns dias depois.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros