Funkeiro mirim tem sonhos de gente grande - Entretenimento

Vers?o mobile

 

Estrelas da Periferia02/10/2018 | 08h00Atualizada em 02/10/2018 | 08h00

Funkeiro mirim tem sonhos de gente grande

Aos 10 anos, MC KS já mostra atitude e discurso de profissional

Funkeiro mirim tem sonhos de gente grande Robinson Estrásulas/Agencia RBS
Foto: Robinson Estrásulas / Agencia RBS

Boné com suas iniciais, corrente no pescoço, moletom largo e os gestos característicos de um MC consagrado. Apesar dessa pinta de músico profissional, Kauã de Jesus da Silva, ou MC KS, como já é reconhecido, tem apenas 10 anos. 

E foi o guri Kauã, tímido, com olhar curioso, ainda desacostumado à rotina de dar entrevistas e ser o centro das atenções, quem apareceu para o bate-papo na redação do Diário Gaúcho. Acompanhado da mãe, Malu, do DJ Bicudo e do produtor Queiroz, Kauã falou um pouco sobre o sonho de se firmar como funkeiro.

Caçula de quatro filhos, Kauã surpreendeu a família ao dar os primeiros passos na carreira, cerca de um ano atrás.

— Começou como uma brincadeira, quando eu vi, já tava todo mundo escutando na comunidade — conta ele.

Brincadeira séria

Morador de uma ocupação no Morro da Cruz, Zona Leste da Capital, MC KS já é famoso na região, onde gravou o primeiro clipe, O Sol Raiou na Favela, em parceria com o DJ Bicudo. 

 PORTO ALEGRE, RS, BRASIL 27/09/2018 - MC KS para a coluna Estrelas da Periferia do Diário Gaúcho. (FOTO: ROBINSON ESTRÁSULAS/AGÊNCIA RBS)
DJ Bicudo (E), KS e QueirozFoto: Robinson Estrásulas / Agencia RBS

Kauã também curte rap e sertanejo, mas as grandes referências são do funk, como MC Fiote e MC Lam.

A brincadeira de KS ficou séria. Agora, ele prepara um novo voo. Literalmente. Dia 15 de outubro, parte para São Paulo junto com a mãe, o inseparável DJ Bicudo e o produtor Queiroz.

— Aqui em Porto Alegre não deu, aí falei pra minha mãe que eu queria ir pra São Paulo, onde tudo acontece. Acho que vai mudar tudo. 

A princípio, a estada na capital paulista será de apenas cinco dias, tempo necessário para fazer contato com uma nova produtora e, quem sabe, gravar um clipe mais profissional. Mas o guri não descarta a possibilidade de se mudar de mala e cuia, se a carreira deslanchar.

Timidez some no palco

Quem vê o tímido Kauã, de fala mansa e poucas palavras, nem imagina que, no palco, ele se solta e faz a festa do público. 

A mãe, Malu, dá a maior forçaFoto: Reprodução / Facebook

— Ele gosta muito de cantar, mas pra falar é meio acanhado. Ele se esconde atrás de mim _ entrega a mãe, Malu. 

O acanhamento de Kauã dura pouco. Quando começa a falar sobre a viagem, ele se empolga e revela o que pretende trazer na mala. Malu já sabe qual é a principal compra do filho em solo paulista: um jogo de videogame. Afinal, apesar de ter sonhos e uma agenda profissional de gente grande, o guri da Zona Leste, como qualquer criança, adora brincar nas horas vagas.

Pitaco de Quem Entende

Martin TJ, coordenador de produto da rádio 92, acredita que o guri tem futuro:

— MC KS segue a onda do MC Bruninho. E tem alguns pontos a favor: já veio com videoclipe e movimentou o Campo da Tuca. Se seguir nessa onda, arrebenta em seguida. Este é o momento do funk. Investe que da certo!

Participe!

— Para participar da seção, mande um pequeno histórico da sua banda, dupla ou do seu trabalho solo, músicas, vídeos e um telefone de contato para o e-mail michele.pradella@diariogaucho.com.br.

— Para contatar MC KS, é só ligar para 98628-3958











 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros