Após se jogar do quinto andar, ator de "Belíssima" fala sobre o ocorrido: "Foi um milagre" - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Gratidão21/11/2018 | 08h11

Após se jogar do quinto andar, ator de "Belíssima" fala sobre o ocorrido: "Foi um milagre"

Queda de Vitor Morosini é tratada como tentativa de suicídio

Após se jogar do quinto andar, ator de "Belíssima" fala sobre o ocorrido: "Foi um milagre" Reprodução/Rede Globo/Instagram
Vitor Morosini na época de "Belíssima" e atualmente Foto: Reprodução / Rede Globo/Instagram
GaúchaZH
GaúchaZH

"Literalmente eu caí na real. Minha vida ficou por um fio". É com esta frase que Vitor Morosini, ator que ficou conhecido por interpretar Isaac na novela Belíssima, definiu o momento em que se jogou do quinto andar de um hotel de Barretos, no interior de São Paulo, no dia 23 de agosto. Quase três meses após o ocorrido, o artista conversou sobre a recuperação e a emoção de continuar vivo ao site UOL.

Leia mais
Atriz revela que doará medula óssea para salvar pai com câncer
"Tinha medo de morrer", diz André Marques ao relembrar bariátrica
Ator Rafael Cardoso é vítima de arrastão e foge de tiroteio em rodovia

 — Estou feliz por estar vivo. Foi um milagre. [A queda] só fez aguçar ainda mais a minha fé — agradece Vitor.

Ele garante que lembra de todos os detalhes da queda e que sabia que estava vivo porque conseguiu ficar "gritando de dor":

— Tive fratura exposta no fêmur, no ombro, quebrei o dedo do pé e os pés, costela, vértebra. Graças a Deus não foi uma vértebra que prejudicou meus movimentos, porque caí de bruços. E graças a Deus bati o rosto de leve e fez um cortezinho na sobrancelha. Mesmo gritando de dor, agradeci a Deus por estar vivo.

Desde o primeiro momento, o fato foi tratado como uma tentativa de suicídio pela investigação da polícia. Vitor justifica o descontrole por conta de seu vício em maconha:

— O que fiz foi muito grave. Nunca imaginei que fosse chegar a esse ponto, porque sempre gostei da vida. Sempre pratiquei esportes, hipismo, principalmente. Era alto  astral, brincalhão. Não era eu, foi a maconha que causou isso. Nunca mais penso em usar essa bosta.

O ex-ator deixou o hospital Galileo, em Valinhos, na última quarta-feira (14). Ele deve começar as sessões de fisioterapia nos próximos dias. Atualmente, ele é piloto de avião.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros