Processo de Caetano contra Feliciano, que sugeriu estupro cometido pelo cantor, chega à PGR - Entretenimento

Versão mobile

 

Confusão judicial29/11/2018 | 07h41

Processo de Caetano contra Feliciano, que sugeriu estupro cometido pelo cantor, chega à PGR

Deputado perdeu o prazo para se defender

Processo de Caetano contra Feliciano, que sugeriu estupro cometido pelo cantor, chega à PGR Andréa Graiz/Agencia RBS
Caetano Veloso processa deputado por calúnia e difamação Foto: Andréa Graiz / Agencia RBS
GaúchaZH
GaúchaZH

Em setembro, o cantor Caetano Veloso entrou com um processo contra o deputado e pastor Marco Feliciano. A queixa-crime deu um novo passo nesta quarta-feira (28), quando o ministro Luis Roberto Barroso enviou o documento para manifestação da Procuradoria Geral da República. As informações são do jornal O Globo.

Leia mais
Gilberto Gil faz homenagem ao  mestre de capoeira morto na Bahia: "Luto e esperança"
"Sempre tivemos a tradição de canções de amores falidos", diz Caetano Veloso sobre novo álbum ao vivo 
Twitter terá que pagar multa de R$ 220 mil a Caetano Veloso e Paula Lavigne

O cantor de MPB processa o pastor por calúnia e difamação por conta de uma entrevista que Feliciano concedeu ao programa Pânico, da rádio Jovem Pan, em março deste ano. Na época, o deputado sugeriu que Caetano tinha estuprado a sua mulher, Paula Lavigne, quando ela tinha 13 anos.

Feliciano perdeu prazo dado pelo ministro do STF para apresentar defesa. 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros