Saiba como não deixar que o nervosismo atrapalhe seu desempenho na cama - Entretenimento

Versão mobile

 

Falando de Sexo05/11/2018 | 18h16Atualizada em 05/11/2018 | 18h16

Saiba como não deixar que o nervosismo atrapalhe seu desempenho na cama

Ao ficar tenso, o corpo produz adrenalina, que reduz o fluxo sanguíneo para o pênis e faz com que se torne difícil conseguir ou manter uma ereção.

Andrea Alves e Lucia Pesca

Olá! Tenho 30 anos e estou em um relacionamento há três. Mas, de uns tempos para cá, quando minha namorada faz sexo oral em mim, não consigo manter a ereção. Sinto prazer, mas acaba não dando certo. Não é sempre que isto ocorre, mas estou preocupado.

falando de sexo, novo card.
Foto: Reprodução / Reprodução

Caro leitor, a primeira coisa a fazer, quando um homem começa a ter problemas de ereção, é analisar como anda a rigidez do pênis durante a noite, pela manhã ou durante a masturbação. Se as ereções existem, você tem pouco com o que se preocupar. 

Primeiramente, seu problema é muito comum, e há uma boa chance dele desaparecer quando você estiver menos nervoso.

Leia outras colunas de Falando de Sexo

Relaxe

Ao ficar tenso, o corpo produz adrenalina, que reduz o fluxo sanguíneo para o pênis e faz com que se torne difícil conseguir ou manter uma ereção. Portanto, o truque é não cobrar de si mesmo um grande desempenho na hora em que a parceira está fazendo sexo oral. Permita que ela se concentre em dedicar este carinho a você. 

A cabeça tem um papel muito importante nesta hora. Quanto mais confortável você estiver com a sua namorada, maior será a entrega emocional e sexual. Pense menos no seu pênis e mais na sua experiência sexual. Tenha paciência.


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros