Ana Maria Braga cobra supermercado em caso do cão morto: "Chocada com a falta de punição" - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Polêmica10/12/2018 | 08h01Atualizada em 10/12/2018 | 10h04

Ana Maria Braga cobra supermercado em caso do cão morto: "Chocada com a falta de punição"

Apresentadora foi garota propaganda da marca 12 anos atrás

Ana Maria Braga cobra supermercado em caso do cão morto: "Chocada com a falta de punição" Globo / Reprodução/Reprodução
Ana Maria cobrou autoridades sobre o caso Foto: Globo / Reprodução / Reprodução
GaúchaZH
GaúchaZH

O caso do cachorro que foi morto a pauladas em um supermercado de Osasco virou assunto de uma publicação de Ana Maria Braga nas redes sociais. Nesta sexta-feira (7), a apresentadora do Mais Você cobrou um posicionamento da marca por ela ter sido garota-propaganda da rede há 12 anos.

"Como vocês, estou esperando o Carrefour assumir a sua responsabilidade", escreveu. Ana Maria também citou o artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais para amplificar sua fala. “Estou chocada não só com a crueldade humana mas também com a falta de punição adequada para quem maltrata animais. Todos sabem da minha ligação com as minhas pequenas. Elas são como filhas pra mim e vão comigo onde eu for todos os dias”, disse.

Na terça-feira (4), o Carrefour emitiu uma nota oficial sobre o ocorrido:

O Carrefour reconhece que um grave problema ocorreu em nossa loja de Osasco. A empresa não vai se eximir de sua responsabilidade. Estamos tristes com a morte desse animal. Somos os maiores interessados para que todos os fatos sejam esclarecidos. Por isso, aguardamos que as autoridades concluam rapidamente as investigações.

Desde o início da apuração, o funcionário de empresa terceirizada foi afastado. Qualquer que seja a conclusão do inquérito, estamos inteiramente comprometidos em dar uma resposta a todos. Queremos informar também que estamos recebendo sugestões de várias entidades e ONGs ligadas à causa que vão nos auxiliar na construção de uma nova política para a proteção e defesa dos animais." 

Visualizar esta foto no Instagram.

O artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais diz que praticar abusos maus-tratos, ferir ou mutilar animais pode resultar em pena de três meses a um ano de prisão, além de multa, que pode ser aumentada em até 1/3 por causa da morte do animal. Estou chocada não só com a crueldade humana mas também com a falta de punição adequada para quem maltrata animais. Todos sabem da minha ligação com as minhas pequenas. Elas são como filhas para mim e vão comigo onde eu for todos os dias. Eu fui garota propaganda do Carrefour 12 anos atrás. Como vocês, eu também estou esperando o Carrefour assumir sua responsabilidade nesse caso. Seguimos aguardando e cobrando mais humanidade #maisamorporfavor #protecaoanimal

Uma publicação compartilhada por Ana Maria Braga (@anamaria16) em


->
 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros