Cantor sertanejo Eduardo Costa desdenha de morte de cachorro e gera revolta - Entretenimento

Versão mobile

 

Polêmica07/12/2018 | 08h09

Cantor sertanejo Eduardo Costa desdenha de morte de cachorro e gera revolta

Após excluir publicação original, ele voltou a defender que há algo de errado em uma sociedade que se indigna com este tipo de crime

Cantor sertanejo Eduardo Costa desdenha de morte de cachorro e gera revolta Colagem/Reprodução
"É como eu penso e vou continuar pensando", defendeu Eduardo Costa, sobre ser contra comoção gerada pelo caso Foto: Colagem / Reprodução
GaúchaZH
GaúchaZH

O cantor sertanejo Eduardo Costa se envolveu em mais uma polêmica, na última quarta-feira (5), após publicar uma imagem em suas redes sociais ironizando a comoção dos brasileiros com o assassinato de um cachorro dentro de um supermercado Carrefour em Osasco, São Paulo. O animal teria sido espancado por um dos seguranças do próprio estabelecimento até a morte.

Leia mais
Cantor sertanejo Eduardo Costa presta depoimento por suspeita de estelionato
Fernanda Lima fica revoltada com presença na Globo do cantor que a xingou
Polícia investiga morte de cachorro em supermercado de São Paulo

Diferente de outros artistas, que se colocaram contra a crueldade da situação, Eduardo Costa publicou um meme  fazendo piada com o ocorrido. A onda de comentários negativos o levou a excluir a publicação no Instagram, mas vários internautas capturaram o registro antes disso.

Na imagem, Lula Molusco, personagem do desenho animado Bob Esponja, aparece de olhos fechados para os "60 mil homicídios por ano no Brasil", mas torna-se raivoso frente à "segurança que matou um cachorro a pauladas". 

Além do meme, Costa adicionou a legenda "E o Brasil? E que comece o mi mi mi".

Eduardo Costa meme
Foto: Reprodução / Facebook

Após a repercussão do ocorrido, o cantor decidiu publicar outro meme nesta quinta-feira (6) reforçando sua opinião. Na nova publicação, Eduardo Costa voltou a defender que há algo de errado com uma sociedade que se indigna com o assassinato de um cachorro. "É como eu penso e vou continuar pensando", declarou o cantor. A imagem compara a morte do cachorro ao assassinato de uma senhora de 106 anos, em novembro de 2018. 

Visualizar esta foto no Instagram.

É como eu penso e vou continuar pensando.

Uma publicação compartilhada por Eduardo Costa (@eduardocosta) em

Seus seguidores, contudo, não aprovaram a comparação. Uma das fãs declarou "Deixa de ser ridículo e bancar o ignorante, reflete bem sobre os dois casos e não tenta comparar.  Seja mais humano!". Outro destacou que são casos diferentes: "Não estamos comparando o que é mais importante. E sim um fato específico que comoveu muita gente".

Algumas pessoas, ainda, questionaram o fato de Eduardo Costa só ter trazido este caso à tona agora. "A senhora de 106 anos foi assassinada em 18/11/2018. Por que ele não postou nada nesta data? Agora para se aproveitar faz essa comparação infeliz...".

Esta não é a primeira vez que o cantor sertanejo se envolve em polêmicas nas redes sociais. No último mês, ele criticou e ameaçou a apresentadora Fernanda Lima, do programa Amor & Sexo, da Rede Globo.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros