Fernanda Lima fica revoltada com presença na Globo do cantor que a xingou - Entretenimento

Vers?o mobile

 

Atritos nos bastidores02/12/2018 | 15h10Atualizada em 02/12/2018 | 15h10

Fernanda Lima fica revoltada com presença na Globo do cantor que a xingou

No programa "Conversa com Bial", Eduardo Costa pediu desculpas pelas ofensas que dirigiu à apresentadora

Fernanda Lima fica revoltada com presença na Globo do cantor que a xingou Reprodução / Globo/Globo
Discurso feminista de Fernanda Lima gerou revolta de setores conservadores, incluindo o cantor sertanejo Eduardo Costa, que a xingou Foto: Reprodução / Globo / Globo
GaúchaZH
GaúchaZH

Alvo de xingamento de Eduardo Costa por conta de um discurso feminista feito no Amor e Sexo, Fernanda Lima teria ficado revoltada com a presença do cantor sertanejo na Globo. Na noite de sexta-feira (30), o programa Conversa com Bial exibiu uma entrevista com o músico, gravada antes da polêmica mas atualizada com um pedido de desculpas por parte dele.

Logo no início do programa, Pedro Bial explicou que a entrevista com Eduardo Costa já havia sido gravada, mas, em razão de o cantor ter xingado Fernanda Lima, seria exibido um vídeo recente em que ele se retrata.

— A minha querida amiga Fernanda Lima encerrou o programa Amor e Sexo com um editorial feminista. Só que aí, o Edu foi para as redes sociais e atacou Fernanda em termos grosseiros — explicou Bial.

Leia mais
Discurso feminista de Fernanda Lima gera polêmica  nas redes sociais
Fernanda Lima bloqueia comentários no Instagram após ataques de internautas
"Bem usada, ela é maravilhosa", declara Miguel Falabella sobre Lei Rouanet

No Amor e Sexo veiculado no dia 6 de novembro, Fernanda Lima fez um longo manifesto em apoio à independência das mulheres, incentivando que elas sabotassem "as engrenagens desse sistema homofóbico, racista, patriarcal, machista e misógino", entre outras expressões. O discurso causou revolta nas redes sociais. O cantor Eduardo Costa foi um dos que se manifestaram contra a apresentadora e o conteúdo veiculado pelo programa. Chamou Fernanda de "imbecil" e disse que ela só "faz programa pra maconheiro, pra bandido, pra esquerdista derrotado e pra esses projetos de artista, assim como ela".

De acordo com o colunista Ricardo Feltrin, do portal Uol, Fernanda Lima ficou indignada com a presença de Eduardo Costa nos estúdios da Globo. Ainda que a entrevista para Pedro Bial tivesse sido gravada há tempos, antes dos xingamentos, o cantor havia feito, há alguns dias, uma participação no programa Altas Horas. Fernanda teria considerado os convites feitos a Eduardo Costa uma traição dos colegas. 

No vídeo que gravou para veicular junto à sua entrevista no Conversa com Bial, Eduardo Costa disse que, apesar de seguir pensando da mesma forma, havia perdido o respeito com a cantora. Também chamou a si mesmo de "babaca".

— Eu acabei entrando nas minhas redes sociais e falando pelos cotovelos. Eu continuo pensando da mesma forma, não retiro aquilo que eu disse, mas eu quero retratar a forma como eu disse, o jeito que eu me coloquei. Acho que poderia ter sido um cara mais brando, mais tranquilo, mais comedido nas minhas palavras. Infelizmente, não fui. A mesma coragem que tenho para falar e expor as minhas opiniões eu tenho para vir no seu programa e pedir desculpas à Fernanda Lima, à família da Fernanda Lima, ao marido dela, aos filhos, aos amigos e aos fãs. Inclusive, eu sou um grande fã dela. Me arrependo da forma como falei, do fundo do meu coração. Acho que fui um babaca naquele momento. Acho que nós temos que respeitar a posição de cada um e eu fui desrespeitoso com a Fernanda Lima. Acho que democracia é isso. Eu é que não fui democrático naquele momento — considerou.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros