"É pavão, onde tem dança, ele aparece", afirma pai de Fábio Alano, o gaúcho do "BBB 19" - Entretenimento

Vers?o mobile

 

Reality show10/01/2019 | 11h59Atualizada em 10/01/2019 | 15h05

"É pavão, onde tem dança, ele aparece", afirma pai de Fábio Alano, o gaúcho do "BBB 19"

Multicampeão de jiu-jitsu, porto-alegrense foi anunciado nesta tarde como um dos participantes do reality

"É pavão, onde tem dança, ele aparece", afirma pai de Fábio Alano, o gaúcho do "BBB 19" Robinson Estrásulas/Agencia RBS
Márcia e André, com alguns dos troféus do filho Foto: Robinson Estrásulas / Agencia RBS

Fábio Alano, o único gaúcho, até o momento, do Big Brother Brasil 2019 é atleta "desde que nasceu", conforme definição dos pais, o corretor de imóveis André Luiz Pereira Alano, 51 anos, e a enfermeira Márcia Alano, 50. 

Leia mais
"Big Brother Brasil": saiba o que os vencedores fizeram com o prêmio
"BBB 19": conheça os participantes da nova edição 
"Gosto muito da parte da sedução", diz gaúcho do "BBB 19"; conheça Fábio Alano

— Há cerca de quatro anos, ele passou a residir no alojamento da academia, por conta dos treinos intensos. Em época de competição, chega a treinar cinco vezes por dia, fica difícil ficar indo e voltando — explica Márcia, que mora com o marido no bairro Azenha, onde Fábio passa os finais de semana, quando não está competindo. 

Durante a semana, de acordo com a mãe, o porto-alegrense reside em um alojamento da academia Alliance, na zona norte da Capital, onde treina jiu-jitsu

Persistência pelo esporte

De acordo com os pais, o gosto do gaúcho pelo mundo das lutas começou ainda pequeno, inspirado por André, que praticava karatê.

— Com uns cinco ou seis anos, ele via alguns seriados de luta comigo e me dizia: "Pai, quero fazer isso". Logo em seguida, começou a fazer kung fu e foi até a faixa roxa. Desistiu, foi jogar basquete, mudou para o hapkidô (arte marcial coreana, baseada em chutes e socos) — relembra André Luiz. 

Mesmo tendo vencido campeonatos de hapkidô, Fábio não estava satisfeito, como conta o pai. Ao entrar na faculdade de Educação Física, conheceu amigos que faziam jiu-jitsu e se apaixonou pela modalidade, da qual coleciona títulos: tricampeão mundial, bicampeão Pan-Americano, bicampeão europeu e, atualmente, campeão brasileiro. 

Em seu Instagram, além de fotos de competições, o gaúcho também tem postagens de seus trabalhos como modelo, atividade paralela que desenvolve  com as lutas, segundo os pais.

Fábio, que não havia participado de nenhuma seletiva para o BBB em anos anteriores, é definido pelos pais como um "guri extrovertido, brincalhão e focado". Quando questionado sobre o que poderia tirar o filho do sério, o casal não titubeia: fome.

— Ele fica de TPM (risos). Ele come cinco vezes por dia, uma dieta regrada, por causa dos treinos — explica o pai.

Apostando na performance do gaúcho na casa do reality show, os pais afirmam que ele está ciente de que o programa é um jogo, que requer uma estratégia.

Leia mais
"BBB 19": após acusação de racismo, todos os tuítes do brother Alan Possamai são excluídos
"BBB 19": conheça os participantes da nova edição 
"BBB 19": Maycon já participou de quadro amoroso de programa da Eliana; veja

— A índole dele é de um cara que se afasta de confusão. Ou será o mediador (das confusões) ou se afasta. Mas é pavão, onde tem dança, ele aparece, chama a atenção (risos) — afirma o pai.

Há cerca de três meses, Fábio namora a gaúcha Manuela Laino Bramraiter. De acordo com o pai, em épocas de solteirice, entrar no BBB seria um problema.

— Ele não "perdoava". Mas o Fábio, quando está namorando, está namorando, é sério — atesta André.  



 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros