Fim do "Vídeo Show": relembre quem comandou o programa nos seus 35 anos no ar - Entretenimento

Vers?o mobile

 

Nostalgia09/01/2019 | 08h28

Fim do "Vídeo Show": relembre quem comandou o programa nos seus 35 anos no ar

Emissora anunciou que atração terá a sua última edição nesta sexta-feira (11)

Fim do "Vídeo Show": relembre quem comandou o programa nos seus 35 anos no ar Divulgação/Globo
Miguel Falabella apresentou mais de 2.500 edições do "Vídeo Show" Foto: Divulgação / Globo
GaúchaZH
GaúchaZH

Em 20 de março de 1983, tinha início o Vídeo Show, comandado, então, pela atriz Tássia Camargo. No começo, a ideia era mostrar os momentos mais marcantes da trajetória da Globo, que chegava aos 18 anos de história, em uma atração especial nas tardes de domingo. 

Leia mais
"Vídeo Show" chega ao fim na Globo
Miguel Falabella sobre o fim do "Vídeo Show": "Sopro a vela com o coração tranquilo"
Susana Vieira sem paciência, Falha Nossa, Túnel do Tempo: relembre momentos marcantes do "Vídeo Show"

Nos quatro anos seguintes, mais de 60 atores do elenco de telenovelas da Globo apresentaram o programa. Grandes nomes da dramaturgia nacional, como Tony Ramos, Fernanda Torres, Paulo José, Patrícia Pillar e Malu Mader, se revesaram em frente às câmeras, enquanto a atração encontrava sua identidade.

A partir de 1987, contudo, o Vídeo Show sofreu uma guinada. Marcelo Tas passou a liderar a atração, exibida nas tardes de sábado, enquanto também interpretava o personagem Cabeça Branca. Com quadros como Micro Especial Musical, com videoclipes, e A TV no Mundo, que mostrava como eram os programas televisivos em outros países, a fase não durou muito. 

No mesmo ano, Miguel Falabella entrou em cena e mudou a história da atração. Por 15 anos à frente do programa, ele apresentou 2.618 edições do Vídeo Show. Durante este período, muito mudou na concepção do projeto, que passou a ocupar um lugar diário na grade da Globo, com quadros tradicionais como o Falha é Nossa e Túnel do Tempo

Em 2002, foi a vez de André Marques assumir o comando do programa, marcando o início de uma nova era para o programa. No ano anterior, Angélica também estreara na produção, com o game show Vídeo Game, e os dois passaram a comandar as tardes na emissora.

Quase uma década depois, em 2011, a atriz Ana Furtado passou a acompanhar Marques na apresentação do programa. Pouco mais de dois anos se passaram e, em 2013, ele saiu do comando do Vídeo Show, após 13 anos liderando a atração. Na mesma época, Furtado foi substituída por Zeca Camargo, depois de um pequeno período no qual os repórteres se revesaram na apresentação. Em 2014, Otaviano Costa passou a dividir a bancada com Zeca.

Leia mais
Ana Clara deixa o "Vídeo Show" para ser repórter no "BBB 19"
Susana Vieira retorna ao "Vídeo Show" e chora durante homenagem
Mônica Iozzi e Sophia Abrahão celebram 35 anos do Vídeo Show com selinho

Em 2015, mais mudanças: o programa voltou a ser ao vivo e a apresentação ficou a cargo de  Monica Iozzi e Otaviano Costa

Nos anos seguintes, atores como Joaquim Lopes, Giovanna Ewbank, Sophia Abrahão e Maíra Charken passaram pela bancada, de forma temporária. 

Por fim, em julho de 2018, Vivian Amorim e Fernanda Keulla assumiram o comando da atração, ao lado de Sophia Abrahão, até o retorno de Joaquim Lopes, em novembro, quando as duas se despediram para voltar aos quadros da nova edição do Big Brother Brasil

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros