O sedentarismo pode prejudicar a ereção? - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Falando de Sexo06/03/2019 | 17h14Atualizada em 06/03/2019 | 17h14

O sedentarismo pode prejudicar a ereção?

Mesmo que isso não seja uma regra, uma pesquisa recente comprova que exercícios regulares podem ajudar na vida sexual. 

Andrea Alves e Lucia Pesca

Estou namorando há nove meses e faço academia todos os dias. Já o meu namorado não faz exercícios. Às vezes, o pênis dele não fica rígido durante a ereção, e ele é jovem como eu. A professora da academia disse que o homem pode broxar se não se exercita com frequência. Isso é verdade?

falando de sexo, novo card.
Foto: Reprodução / Reprodução

Sim, isso é coerente, mas não é uma regra. Outros motivos podem ter se somado para resultar nessa dificuldades de ereção do seu namorado. Uma pesquisa recente comprova que exercícios regulares podem ajudar na vida sexual. Homens que começam uma atividade física relatam mais ereções e mais orgasmos. O melhor desempenho nesse estudo foi o dos que faziam algum tipo de exercício físico moderado de duas a seis horas por semana. 

Hábitos saudáveis

Leia outras colunas

Fatores como diabetes, idade avançada, fumo, álcool e doenças cardíacas podem diminuir o desempenho sexual, mesmo em homens que se exercitam. Se ele continuar bebendo e fumando com frequência, a tendência, com o tempo, é prejudicar o seu desempenho sexual. 

Não adianta só querer ficar "fortão" e se descuidar de outros aspectos que fazem parte de uma vida saudável. 

Muitas vezes, o homem consome bebida alcoólica para descontrair e se soltar. Este comportamento é uma faca de dois gumes, pois ele pode até ficar mais solto na hora, mas, a longo prazo, poderá prejudicar a ereção e até a ejaculação. Se exercitar e manter bons hábitos é a melhor pedida.


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros