Michele Vaz Pradella: "Filhos da mesma terra" - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Noveleiros13/04/2019 | 10h00Atualizada em 13/04/2019 | 10h00

Michele Vaz Pradella: "Filhos da mesma terra"

Com pouco mais de uma semana no ar, "Órfãos da Terra" já pode ser considerada uma obra-prima

Michele Vaz Pradella: "Filhos da mesma terra" João Cotta/TV Globo/Divulgação
Casal que esbanja química Foto: João Cotta / TV Globo/Divulgação

Em termos de qualidade, Órfãos da Terra preenche todos os quesitos. Primeiros capítulos com forte impacto dramático, cenas marcantes e fotografia perfeita. Casal principal esbanjando química. Elenco talentoso, dando voz a novatos e veteranos de forma magistral. Pra completar, uma abertura emocionante e embalada pela trilha perfeita. Nos versos de Diáspora, os Tribalistas resumem o drama de milhões de pessoas pelo mundo: "Atravessamos pro outro lado. / No rio vermelho do mar sagrado./ Os center shoppings superlotados. / De retirantes refugiados."

Com pouco mais de duas semanas no ar, a trama de Duca Rachid e Thelma Guedes merece com todas as honras o título de "novelão". Ouso dizer que Órfãos da Terra deveria estar no horário nobre, tanto pelos atributos técnicos quanto pelo tema abordado. As primeiras cenas, em meio à guerra na Síria, foram de encher os olhos e cortar o coração. Foi pesado ver tanto sofrimento logo no início da noite. 

Orfãos da Terra - AZIZ(HERSON CAPRI) e DALILA (ALICE WEGMANN)
Vilões de pesoFoto: Paulo Belote / TV Globo/Divulgação

Para ver quando quiser

Por outro lado, a nova novela das seis não precisa mais ser vista em um horário específico. A grande novidade é que é possível assistir aos capítulos com 24 horas de antecedência, pela Globo Play. É um novo jeito de ver novela. E que novela!

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros