Adeus, progressiva! O que você precisa saber para voltar a ter cabelos crespos - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Lady27/06/2019 | 07h00Atualizada em 27/06/2019 | 07h00

Adeus, progressiva! O que você precisa saber para voltar a ter cabelos crespos

Cansou do liso? Veja como fazer a transição capilar

Adeus, progressiva! O que você precisa saber para voltar a ter cabelos crespos João Cotta/TV Globo,Divulgação
Giovana Cordeiro: atriz optou pelos cabelos crespos Foto: João Cotta / TV Globo,Divulgação

A busca por cabelos naturais tem se mostrado cada vez mais frequente entre as mulheres que procuram maior qualidade para fios, com foco na saúde das madeixas – e não apenas na estética. Entretanto, deixar o visual liso para trás e adotar os cachos pode ser um processo demorado, que exige cuidados e, claro, um pouquinho de paciência. Confira dicas para cuidar dos seus cabelos nesse período de transição. E, se ainda assim, ficar difícil ajeitá-los enquanto não voltam às suas origens crespas, separamos os melhores penteados para você ficar linda e confiante. Está louca de vontade de dar adeus à ditadura da chapinha, dos lisos e das progressivas? Veja como!

Produção: Rossana Ruschel

TRANSIÇÃO NECESSÁRIA

Segundo a cabeleireira Daniela Mello, professora do Senac-RS, o período de adaptação (no qual parte do cabelo está lisa e outra, crespa) pode ser difícil. Algumas mulheres optam por mantê-los presos em um primeiro momento, até que os fios fiquem mais compridos, e o visual não aparente duas formas diferentes.

– É um período que vai passar. A pessoa vai se ver no espelho de outra forma, e os primeiros cachos podem vir com bastante frizz (fios arrepiados) – explica a especialista.

A atriz Giovana Cordeiro, que interpreta a jornalista Moana em Verão 90, mudou o visual e voltou aos cachos. Em abril deste ano, ela usou as redes sociais para dar apoio às mulheres que decidiram pelo look mais natural.

"Tem alguém aí pensando em desistir da transição?! Aguenta firme, mana!" afirmou Giovana em publicação em seu perfil no Instagram, onde mostra o antes e o depois do seu processo de mudança.

Giovana Cordeiro; transição capilar; instagram
O antes e o depois da transição capilar de GiovanaFoto: Arquivo pessoal / Instagram

CUIDADOS A MAIS

Outro detalhe é que, após longos períodos fazendo alisamento, seu cabelo pode ficar ressecado. A melhor forma de resolver o problema é cortar as pontas secas. Entretanto, se você não quer perder comprimento, capriche nos cuidados extras. A sugestão é adotar uma sequência de tratamentos para garantir hidratação, mais nutrição e a reconstrução dos fios. 

PENTEADOS CERTEIROS: SEUS MELHORES AMIGOS NESTE MOMENTO

Trança boxeadora
Trança estilo boxeadoraFoto: Carlos Macedo / Agência RBS

/// Tranças são ótimas para o momento de transição capilar. O estilo boxeadora (penteado feito rente ao couro cabeludo) ajuda a esconder os fios rebeldes.

/// Mas, se você busca um visual mais formal, a sugestão para ficar arrumadinha é recorrer a coques e a presilhas laterais. Ambos controlam o crespo e transmitem um ar de elegância.

VALEM OURO

/// O musse é um superaliado! Se as pontas ainda estão lisas, contrastando com a raiz cacheada, passe-o na parte lisa e amasse para dar forma. A fitagem (técnica de texturização feita por profissionais que ajuda a definir os cachos) também é uma boa opção.

/// Existem produtos voltados para a transição capilar – geralmente mais naturais e orgânicos. Os óleos ajudam no fortalecimento e no crescimento do cabelo e são encontrados em supermercados e farmácias. Os de rícino, coco e semente de abacate são ótimos! Aplique-os na raiz e massageie o couro cabeludo. Isso ajudará na irrigação sanguínea, trazendo bons resultados.

/// Se você já usou muitos químicos para alisar as madeixas, pode ser que o cabelo não consiga absorver todos os nutrientes, e os resultados demorem mais a aparecer. Mesmo assim os cuidados são indispensáveis.

Leia mais
Outono-inverno 2019: cinco tendências de cortes e colorações para os cabelos
Da previsão do tempo para a moda: Brunna Colossi dá dicas de estilo no outono

PRÓS E CONTRAS

/// Ao optar pela transição capilar, saiba que precisará fazer um investimento em produtos para a manutenção dos fios. Entretanto, apesar do gasto inicial, os frascos costumam durar bastante tempo. 

/// Os gastos com escovas progressivas (em média, R$ 150 a cada três meses) serão coisas do passado! Assim como os danos causados por químicas agressivas para garantir fios lisos.

/// Por outro lado, leve em conta que os cabelos cacheados podem dar mais trabalho. Se você não gosta de muito volume, por exemplo, pode demorar mais para arrumá-lo.

Fontes: Daniela Mello, cabeleireira e professora do Senac-RS, e Bruno Dantte, cabeleireiro e embaixador da marca de produtos para cabelos Redken.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros