Conheça os diferentes tipos de secreção feminina e quando pode ser sinal de doença - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Falando de Sexo21/07/2019 | 16h01Atualizada em 21/07/2019 | 16h35

Conheça os diferentes tipos de secreção feminina e quando pode ser sinal de doença

Na dúvida, sempre consulte um médico para saber qual o tratamento adequado

Andrea Alves e Lucia Pesca

Queria que vocês falassem sobre esses corrimentos que nós, mulheres, temos. Nunca sei o que é aquela clara de ovo da tal ovulação ou se tenho algum corrimento. Uma vez, tomei um antibiótico e fiquei com muita coceira lá embaixo. O médico disse que era um corrimento por causa do remédio. 

falando de sexo, novo card.
Foto: Reprodução / Reprodução

Você tem razão em ficar na dúvida, mas nada melhor do que consultar um médico para o tratamento adequado. Vamos aos problemas mais comuns.

A secreção ou muco vaginal varia durante o ciclo menstrual. Você pode examinar melhor passando papel higiênico na região vaginal ou introduzindo seu dedo limpo na vagina em direção ao colo do útero.

Se estiver evitando ter filhos, não se baseie só na observação, pois não é garantida! Secreção com aspecto de clara de ovo: você pode estar no período fértil. Depois que a menstruação passar, talvez, note que fica mais "molhada". A secreção com aspecto de clara de ovo indica o tipo mais fértil de muco cervical.

Leia outras colunas

Perceba

Já aquela que aparece na calcinha pode sinalizar encrencas. Se for de coloração esbranquiçada ou transparente, trata-se de um corrimento natural. Mas, se sentir mau cheiro, coceira ou ardor ao urinar, e notar que a secreção está contínua,  procure seu médico. 

O corrimento vaginal anormal está relacionado a alguma doença e pode ter várias causas. As mais comuns são  vaginites, alergias a certas substâncias, como espermicidas, ou presença de um corpo estranho na vagina. 

Já a candidíase não apresenta odor. Mas tem aparência leitosa e costuma dar coceira e ardor. Pode ter entre as causas o uso prolongado de medicamentos como pílula anticoncepcional, antibiótico e corticoide.

Roupas apertadas e quentes, que dificultam a transpiração da região íntima, também abrem portas para que a candidíase se instale.     

Já a tricomoníase gera o corrimento de aspecto espumado, amarelo, meio esverdeado, tem mau cheiro e tende a provocar ardor ao urinar. Consulte o seu médico. 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros