Whindersson Nunes fala sobre sua luta contra a depressão: "Não devia ter passado por isso" - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Entrevista ao Fantástico15/07/2019 | 09h48Atualizada em 15/07/2019 | 09h49

Whindersson Nunes fala sobre sua luta contra a depressão: "Não devia ter passado por isso"

Doença afastou humorista das atividades profissionais nos últimos meses

Whindersson Nunes fala sobre sua luta contra a depressão: "Não devia ter passado por isso" TV Globo/Reprodução
Whindersson Nunes em participação no "Fantástico" Foto: TV Globo / Reprodução
GaúchaZH
GaúchaZH

Em entrevista ao Fantástico, da TV Globo, exibida neste domingo (14),  o humorista Whindersson Nunes desabafou sobre a depressão, que o afastou das atividades profissionais nos últimos meses. Ele comentou sobre o fato de receber questionamentos por ter a doença mesmo com sucesso profissional e boas condições financeiras.

– É justo o questionamento das pessoas. "Eu que sou trabalhador brasileiro e trabalho das 6h às 18, tenho que me sustentar e tenho três filhos, eu que deveria ter (depressão)". Não é algo que me revolta porque a pessoa fala isso. Na verdade, vira um problema para mim. Fico pensando: "Poxa, realmente, eu não devia ter passado por isso" – disse. 

– Daí eu sou o culpado porque estou passando por uma coisa que não sei o que é, não sei como resolver, nem com quem conversar – acrescentou.

Whidersson deu mais detalhes sobre o que sentia durante as crises depressivas:

— Um mix de muita coisa. Ficava conversando comigo mesmo, à tarde. Quando ia ver, já estava tudo escuro, já era noite, "meu Deus do céu, preciso tomar um banho, escovar os dentes, ir ao shopping, assistir a um filme, fazer alguma coisa, porque não estou batendo bem das ideias." Aí eu me preocupava.

Whindersson procurou um psicólogo e um psiquiatra. Começou a fazer terapia, passou a tomar remédios. Agora ele está fazendo ioga. 

— Baixei um aplicativo de ioga e comprei todas as aulas por cinco anos — brincou.

Ele também comentou o apoio de sua esposa, a cantora Luisa Sonza:

— O apoio que ela me deu por estar aguentando muita coisa. Quando você está na situação, você quer encontrar um culpado. A pessoa que está com você vai decidir se segura as pontas ou não.

Leia mais
Whindersson Nunes diz que Luisa Sonza o ajudou a sair de depressão
Whindersson diz que irmão foi esfaqueado em assalto: "Pedia ajuda e ninguém fazia nada"

O humorista convenceu-se que precisava dar um novo sentido para a vida que estava levando.

— Eu virei um cara que tenho as minhas coisinhas e tudo mais. Mas você chega naquele momento e fica: e aí? Dinheiro, dinheiro, dinheiro, e aí? O que eu vou fazer? Eu posso pagar os melhores profissionais, mas tem gente que não pode – refletiu. 

Whindersson também falou sobre o aplicativo que está trabalhando para auxiliar pessoas com depressão, promovendo atendimentos gratuitos:

— A intenção do aplicativo é conectar gente que precisa de ajuda com quem pode ajudar. Só que essas pessoas que querem ajudar são profissionais, voluntários.

O comediante garantiu que agora está se sentindo bem. No final de junho, quando recebeu o troféu de Melhor Humorista da Década no Prêmio Risadaria, ele anunciou seu retorno aos palcos.

— Hoje eu me sinto bem pra falar e, quem quiser perguntar, pode perguntar e eu vou falar. Eu me sinto feliz, eu me sinto uma pessoa feliz. Sinto que eu estou fazendo o que tinha pra fazer, que eu encontrei um sentido – garantiu.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros