"The Voice Brasil": gaúcha de Porto Alegre aposta em samba e passa de fase - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Reality musical09/08/2019 | 08h19Atualizada em 09/08/2019 | 08h19

"The Voice Brasil": gaúcha de Porto Alegre aposta em samba e passa de fase

Maria Luiza apresentou faixa "Tristeza Pé no Chão", que ficou conhecida na voz de Clara Nunes

"The Voice Brasil": gaúcha de Porto Alegre aposta em samba e passa de fase Reprodução/Globo
Maria Luiza, de Porto Alegre, surpreendeu Ivete Sangalo Foto: Reprodução / Globo

A quarta noite de Audições às Vegas do The Voice Brasil ficou marcada pela terceira gaúcha desta edição a ser aprovada pelos técnicos. A porto alegrense Maria Luiza, de 25 anos, apostou em um samba popular de Clara Nunes e encantou Ivete Sangalo, única juíza do reality a girar a sua cadeira, o que foi o suficiente para classificar a jovem.

Além disso, a noite desta quinta-feira (8) teve uma variedade de estilos, com candidatos revisitando sucessos do Queen, Sam Smith, Maria Gadú e até IZA, a nova integrante da bancada de técnicos desta oitava temporada.


Como foi a quarta noite de The Voice Brasil

A primeira performance da noite foi a de Rik Oliveira, 39 anos, de Petropolis (RJ), que fez todos os jurados girarem suas cadeiras com a faixa Blame It on the Boogie, sucesso do The Jacksons. O carioca escolheu Lulu Santos para ser seu técnico. 

Depois, foi a vez de Isabella Arantes, 20, de Goiânia aquecer o palco com Deixa Ela Saber, hit de Marília Mendonça. Teló foi o primeiro a girar sua cadeira para a candidata, seguido por IZA, que ficou encantada com a apresentação. Como esperado, ela decidiu ficar no time do cantor sertanejo.

Jô Borges, 54, de Maricá (RJ), deu sequência às apresentações com Acreditar, samba de Dona Ivone Lara, recebendo nenhuma aprovação dos técnicos. Samara Alves, 18, de Praia do Zumbi (RN), ganhou votos de confiança de três jurados - Ivete Sangalo, Michel Teló e IZA (que foi bloqueada) - ao cantar I'm Not The Only One, de Sam Smith. Elogiada por sua potência vocal, a jovem optou em integrar o time da baiana.

O The Voice Brasil continuou com Amanda Magalhães, 25, de Feira de Santana (BA), e a canção Quando Fui Chuva, popular na voz de Maria Gadú, sendo aprovada no último segundo por IZA.  Com Desperdiçou, de Sandy e Junior, Yolanda de Paulo, 27, de Ribeirão Preto (SP), também conquistou Michel Teló no final da audição. 

A sétima apresentação da noite foi quente com Catarina Rosa, 34, de Recife (PE), ao cantar  The Show Must Go On, do Queen, garantindo a aprovação de Ivete e IZA. Ela decidiu ir para o time da baiana. Flora Cruz, 22, de Florianópolis (SC), trouxe Baba, de Kelly Key, em uma versão acústica, que foi elogiada por  Lulu Santos, o único técnico a girar a cadeira. 

Então, o programa recebeu a gaúcha Maria Luiza Fontoura, 25, de Porto Alegre (RS), que cantou Tristeza Pé no Chão, do sambista Armando Fernandes "Mamão", popular na voz de Clara Nunes e Carmem Miranda. 

— Gosto de samba, tenho uma banda chamada Samba e Amor, que é uma das melhores coisas que da minha vida. Eu sou muito apaixonada por essa música e tenho honra de cantar ela - disse a porto-alegrense, que ganhou a aprovação de Ivete Sangalo. Automaticamente, a jovem foi para o time da baiana

Na sequência, Isis Raylanne, 23, apresentou Foi Deus Quem Fez Você, de Amelinha. Sem a aprovação dos técnicos, ela teve que voltar para casa. O programa ganhou um tom mais pop com a performance, na sequência, de Essa Mina É Louca, de Anitta, na voz de EL1, 26, de Ituverava (SP). Lulu e Teló foram os dois que giraram suas cadeiras. O jovem escolheu ir para o time do artista do hit Apenas Mais Uma de Amor.

O reality musical também ficou animado com a performance de Mari Bodas, 19, do Rio de Janeiro, com a faixa Apaga a Luz, de Gloria Groove. Nos últimos segundos, Ivete Sangalo apertou o botão de aprovação e virou a técnica dela. A 13ª apresentação da noite, a de Vidal Assis, 34, do Rio de Janeiro (RJ), visitou o samba de Luiz Melodia e a faixa Estácio, Holly Estácio, que tocou Lulu Santos, o único a girar a cadeira.

Karine Rayne, 20, de Ipatinga (MG), foi ousada e escolheu cantar um hit da jurada IZA, Dona de Mim. Todos os jurados viraram suas cadeiras para a jovem. Teló, Ivete e Lulu debocharam da candidata, que obviamente escolheu sua ídolo para treiná-la no programa.

O The Voice Brasil volta na próxima terça-feira (13), logo após A Dona do Pedaço, na RBS TV.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros