Glamour Garcia desabafa: "Pessoas trans desenvolvem depressão pela perseguição sistemática" - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

No "Encontro"12/09/2019 | 12h11

Glamour Garcia desabafa: "Pessoas trans desenvolvem depressão pela perseguição sistemática"

Atriz transexual participou do Programa de Fátima Bernardes desta terça-feira

Glamour Garcia desabafa: "Pessoas trans desenvolvem depressão pela perseguição sistemática" Reprodução/Globo
Glamour Garcia interpreta Britney em "A Dona do Pedaço" Foto: Reprodução / Globo
GaúchaZH
GaúchaZH

A atriz trans Glamour Garcia relembrou quadros de depressão e fez um desabafo durante o Encontro com Fátima Bernardes. O programa abordou o assunto por conta do Dia Mundial da Prevenção ao Suicídio, lembrado nesta terça-feira (10). Ela, que interpreta a trans Britney em A Dona do Pedaço, destacou como o preconceito por conta da orientação sexual causa depressão.

— A gente vive numa sociedade que fica na superfície de tudo. E esse superficial acaba atrapalhando a gente a se aprofundar nos nossos sentimentos. Pensar em depressão, falando de pessoas trans, por exemplo, é um quadro muito abrangente. Muitas pessoas trans desenvolvem depressão pela perseguição sistemática — opinou a atriz.

Glamour Garcia também revelou como conseguiu dar a volta por cima.

— Sofri, sim, bastante. Mas a minha personalidade e a criação dos meus pais fizeram com que eu perseverasse. A gente tem que lembrar que bullying é um conjunto de ações que acabam culminando em violências sistemáticas. São violências verbais e físicas que trazem um retrocesso pessoal, é um processo de todas as perdas: da sua cidadania, capacidade. Em muitos momentos, me senti completamente perdida, ausente de tudo isso. Autoestima zero — relatou. 

De acordo com a atriz, o teatro abriu seus olhos para uma nova jornada.

— Sempre tive quadros de depressão em muitos momentos por isso: pelo bullying, pela perseguição sistemática, as muitas agressões que infelizmente aconteceram. O teatro foi uma possibilidade de não só me desenvolver, mas de ter amor, ter anseio, de estudar, me entregar à vida — explicou.

O programa também teve a participação da cantora Luiza Possi e do ator Pedro Carvalho,  que vive Abel na novela das 9 da Globo, um português que faz comentários transfóbicos para a personagem interpretada por Glamour.

Se estiver passando por algum problema relacionado à depressão, disque 188 e busque ajuda. O Centro de Valorização da Vida realiza apoio emocional e de prevenção do suicídio, atendendo de forma voluntária e gratuita, sob total sigilo, 24 horas por dia.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros