Quando a retirada da mama afeta a libido - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Falando de Sexo26/09/2019 | 20h00Atualizada em 26/09/2019 | 20h00

Quando a retirada da mama afeta a libido

É fundamental que os homens tenham compreensão nesse momento

Lucia Pesca e Andrea Alves

 
A minha namorada está com 46 anos e teve câncer de mama. Fez uma cirurgia e tirou o seio (mastectomia). Só que, desde então, ela não tem mais vontade de fazer sexo. Será que esse fato vai afetar a vida sexual dela para sempre? É normal ficar assim? 

falando de sexo, novo card.
Foto: Reprodução / Reprodução

 Querido leitor, o câncer de mama ainda atinge um número muito grande de mulheres em todo o mundo.

Os seios são um símbolo extremamente importante de feminilidade e de sexualidade. É bem comum que, após a retirada de uma das mamas, elas fiquem com vergonha do próprio corpo, e isso, sem dúvidas, abala muito a autoestima.

Muitas mulheres ficam deprimidas, com receio de serem rejeitadas por seus parceiros. Algumas relatam que se sentem feias, como se tivessem sido mutiladas. É claro que isto irá atingir a sexualidade da mulher e, às vezes, o relacionamento do casal.

 O que fazer 

É fundamental que os homens entendam o drama vivido pelas mulheres que retiram a mama. Eles precisam ajudá-las a superar o problema, apesar de sabermos que, na maioria das vezes, eles também estão sofrendo com a situação.

Tenha paciência com a sua namorada. Dê atenção e carinho, demonstre que está ao seu lado, elogie, diga que a ama e mostre que você continua desejando-a. Só não force a barra!

 Leia outras colunas do Falando de Sexo

Se você tiver dúvidas ou sugestões de assunto, escreva para falandodesexo@diariogaucho.com.br

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros