Michele Vaz Pradella: Chorei com as primeiras chamadas de "Amor de Mãe" - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Vem aí29/10/2019 | 12h27Atualizada em 29/10/2019 | 12h37

Michele Vaz Pradella: Chorei com as primeiras chamadas de "Amor de Mãe"

Próxima novela das 21h, escrita por Manuela Dias, estreia no final de novembro

Michele Vaz Pradella: Chorei com as primeiras chamadas de "Amor de Mãe" TV Globo / Reprodução/Reprodução
Foto: TV Globo / Reprodução / Reprodução

"Por eles eu mato e morro". "Eu faço tudo pelo meu filho, mesmo." "A cada conquista minha eu só lembro que eu não sou mãe". Estas são apenas algumas frases impactantes das primeiras chamadas de Amor de Mãe, próxima novela das 21h. A trama de Manuela Dias só estreia dia 25 de novembro, mas já está mexendo com as emoções do público.

O tom das chamadas é emotivo e certeiro. Mexe com o sentimento mais profundo que existe. O "amor de mãe" não está apenas no título. Será o mote das histórias das três protagonistas, Lurdes (Regina Casé), Vitória (Taís Araújo) e Thelma (Adriana Esteves). Mas a comoção não transborda apenas das palavras desse trio de peso. Outros nomes do elenco, como Vladimir Brichta, Murilo Benício, Nanda Costa, Isis Valverde e Juliano Cazarré também contam um pouco das histórias de seus personagens, filhos carentes ou sufocados por suas progenitoras.

Nas redes sociais e nos intervalos da Globo, Amor de Mãe vem dando seu recado. Confesso que já chorei logo nas primeiras chamadas, é impossível não sentir lá no fundo do peito a intensidade do texto, afinal, todos têm suas próprias histórias de amor maternal. A julgar pelo que as vinhetas mostraram até agora, Manuela Dias promete fazer sua estreia seguindo os passos de Manoel Carlos e Lícia Manzo, autores reconhecidos pelo texto arrasador e sentimental. 

Preparem os lencinhos, vem emoção de sobra por aí!

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros