Aprenda a construir uma relação saudável - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Falando de Sexo26/11/2019 | 16h24Atualizada em 26/11/2019 | 16h24

Aprenda a construir uma relação saudável

Amar é muito bom, mas ter o outro como objetivo de vida não é uma prática saudável

Lucia Pesca e Andrea Alves

Estou perdidamente apaixonada! Achei o homem da minha vida, meu príncipe encantado. Ele é perfeito. A gente é muito parecido e gosta de fazer as mesmas coisas, é incrível a nossa sintonia. Ele adora que eu faça tudo junto com ele e disse que, agora, nós somos um só. Porém, eu contei isso para a minha irmã, e ela disse que eu estou louca, que o cara me domina e que essa relação é doente. Meu mundo caiu, e fiquei confusa. Me ajudem!

falando de sexo, novo card.
Foto: Reprodução / Reprodução

Amiga, esse papo de príncipe encantado já era. Isso é extremamente nocivo e vem de uma ideia romântica que nos passaram culturalmente: a clássica “... e foram felizes para sempre”, que só prejudica os casais, pois nutre a ideia de perfeição, o que não é real. Um relacionamento é construído por duas pessoas que não devem nunca virar uma, pois, para isso ocorrer, alguém precisa abrir mão da vida própria.

Leia outras colunas

Sintonia é tudo

Porém, para o bem do casal, é importante haver parceria, amizade e vida sexual ativa. Sintonia é fundamental. Parece que vocês acharam isso. E o melhor de tudo: estão apaixonados! A paixão nos cega e não nos permite ver os defeitos do parceiro. É um dos momentos em que as mulheres têm muito desejo sexual, pois é a hora de “marcar território”.

Amar é muito bom, mas ter o outro como objetivo de vida não é uma prática saudável. Sem ele, você pode ficar muito triste, mas a vida continua. Sua vida lhe pertence: o par faz parte dela, mas não pode ser o centro de tudo. Então, curta e cuide da sua relação. Continuem inovando, descobrindo, a cada dia, coisas prazerosas, mas sem dependência emocional. 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros