Com menos de um ano de formação, dupla sertaneja já tem agenda cheia e clipe lançado  - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Estrelas da Periferia12/11/2019 | 11h17Atualizada em 12/11/2019 | 11h17

Com menos de um ano de formação, dupla sertaneja já tem agenda cheia e clipe lançado 

Maike & Dionathan, de Gravataí e Cachoeirinha, apostam no profissionalismo dos shows para ganharem destaque no cenário

Há pouco mais de um ano nos palcos, a dupla Maike & Dionathan já começa a colher bons frutos, mesmo com tão pouco tempo de parceria. Porém, a amizade e a experiência no sertanejo não vêm de hoje. Há cerca de sete anos, Maike, 38, de Gravataí, mantinha um projeto solo, em que Dionathan, 28, de Cachoeirinha, era da sua banda. 

 GRAVATAÍ, RS, BRASIL 07/11/2019 - Dupla sertaneja Maike & Dionathan. (FOTO: ROBINSON ESTRÁSULAS/AGÊNCIA RBS)
Maike & Dionathan: em um ano de dupla, agenda já está cheiaFoto: Robinson Estrásulas / Agencia RBS

— Nos conhecíamos há um tempo. E, de repente, ele veio para a frente do palco, quando formamos a dupla (e o trabalho solo foi desfeito). Já estamos tendo um bom retorno muito em função do profissionalismo e do show que a gente se propôs a entregar para o público — acredita Maike. 

Deslancharam

Conheça outras histórias de Estrelas da Periferia

Desde que a parceria foi formada, a dupla engrenou, rapidamente, uma média de 15 a 18 shows mensais, em casas de Gravataí, Cachoeirinha, Porto Alegre e até de Caxias do Sul, na Serra. De acordo com Dionathan, a aceitação do público se deu pela performance "top" que eles oferecem:

— Nosso show tem arranjos especiais para cada faixa. Não é só chegar e tocar. A gente tem o cuidado de apresentar nosso espetáculo como se fosse um show nacional, emendando uma música na outra, sem aquelas paradas entre uma canção e outra. 


Faixa na 92

Os sertanejos já lançaram sua primeira faixa autoral, Curativo, que foi gravada em um estúdio, em Nova Hartz, no Vale do Sinos. O detalhe interessante do registro da faixa é que contou com as participações de instrumentistas conhecidos no meio sertanejo, como Marcos Borges, que já assinou trabalhos com Chitãozinho & Xororó e os últimos discos de Marília Mendonça. 

Logo que foi lançada, a canção entrou na programação da 92 (92.1 FM). E, além de estar bem executada por aqui, foi bem recebida nas emissoras do Interior. As rádios, aliás, mesmo em épocas de intenso consumo de música via plataformas digitais, ainda se mostram fundamentais para a dupla.

— Está em primeiro lugar para o artista. Muitas vezes, a gente recebe mensagens (pelas redes sociais) de pessoas nos marcando, que estão nos ouvindo na rádio, naquele momento. Inclusive, ficamos surpresos com o alcance da 92, ela vai longe! _ afirma Maike, satisfeito. 

Empolgados com o começo promissor, os músicos pretendem lançar outra faixa autoral nos próximos meses, acompanhada de clipe, como no caso da canção Curativo.

— Hoje em dia, tu vais lá, gravas a música e, junto, o clipe, que é essencial. Quando o artista lança o clipe, vem junto a imagem dele, é muito importante — diz Maike.  

Pitaco

O produtor artístico Adriano Brasil fala de Maike & Dionathan. 

— Muito bom o trabalho autoral deles! Merece destaque no meio sertanejo local. Faixa com boa produção. Dá para notar que se preocupam com todos os detalhes— avalia:

— No Rio Grande do Sul, o público que gosta de sertanejo prefere ouvir releituras de sucessos nacionais. É uma excelente atitude ter seu trabalho autoral. Mesclando com releituras, têm um bom futuro.  

— Para falar com a dupla, ligue para 98057-8056. 

— Se quiser participar da seção, mande um pequeno histórico da sua banda, dupla ou do seu trabalho solo, músicas e vídeos e um telefone de contato para jose.barros@diariogaucho.com.br.


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros