Defesa de Rennan da Penha pedirá soltura do DJ após decisão do STF - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Liberdade10/11/2019 | 15h35

Defesa de Rennan da Penha pedirá soltura do DJ após decisão do STF

Funkeiro foi condenado a seis anos e oito meses de prisão em regime fechado

Defesa de Rennan da Penha pedirá soltura do DJ após decisão do STF Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução / Instagram
GaúchaZH
GaúchaZH

A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) desta quinta-feira (7) também deve beneficiar o DJ Rennan da Penha, um dos autores de Hoje Eu Vou Parar na Gaiola. A defesa do produtor musical afirmou que pedirá sua soltura. O DJ está detido desde abril por associação para o tráfico de drogas. As informações são da Folha de S. Paulo.

— Estamos aguardando a publicação da ata do julgamento desta quinta do Supremo Tribunal Federal. Tão logo isso ocorra, entraremos com pedido de soltura junto ao STJ —  disse Billi Barreto, empresário do DJ.

Segundo o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o DJ deve ser um dos cerca de 5 mil presos que devem ser liberados com a definição do STF, em que um condenado só pode ser preso após o esgotamento de todos os recursos.

Rennan da Penha foi inocentado em primeira instância, mas condenado em segunda instância após um recurso do Ministério Público do Rio de Janeiro. A sentença definiu seis anos e oito meses de prisão em regime fechado. 

O artista é um dos autores do hit Hoje Eu Vou Parar na Gaiola, com MC Livinho, que foi premiada como Canção do Ano no Prêmio Multishow, no último dia 30 de outubro. O funkeiro também está concorrendo ao posto de Melhor Videoclipe no Grammy Latino

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros