Michele Vaz Pradella: Afinal, novela é para rir ou para chorar? - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Noveleiros02/11/2019 | 10h00Atualizada em 02/11/2019 | 10h00

Michele Vaz Pradella: Afinal, novela é para rir ou para chorar?

Algumas tramas são feitas para emocionar, outras para distrair. O que é melhor?

Michele Vaz Pradella: Afinal, novela é para rir ou para chorar? João Cotta/TV Globo/Divulgação
Adriana Esteves será uma das mães sofredoras Foto: João Cotta / TV Globo/Divulgação

As primeiras chamadas de Amor de Mãe, próxima novela das nove, dividiram opiniões. Centrada nos sacrifícios maternos, a trama promete altas doses de emoção e muitas lágrimas. 

Nas redes sociais, o público exaltou a história, mas houve quem criticasse o excesso de sofrimento. Com uma realidade tão difícil para muitos, novela seria o momento de diversão, para rir e esquecer dos problemas do dia a dia. Mas e aí: quem tem razão?

São tantas emoções...

éramos seis, Lola ( Gloria Pires )
Lola vai penar ainda maisFoto: Raquel Cunha / TV Globo/Divulgação

Outra trama que promete fazer o telespectador chorar muito nos próximos capítulos é Éramos Seis. A segunda fase da novela começa na segunda-feira e não será nada fácil para Lola (Gloria Pires). 

Na história original, a protagonista perde o marido, Júlio (Antonio Calloni) e o filho mais velho, Carlos (Danilo Mesquita). Ou seja, devemos nos preparar para sofrer com ela. 

Há quem defenda um núcleo cômico nas novelas, o que serviria de alívio entre uma cena pesada e outra. Rir é o melhor remédio, mas é bom deixar a emoção fluir enquanto assistimos a uma ficção. Quando acaba, é só seguir a vida.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros