Por que o sexo oral vira um tormento para muitas mulheres - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Falando de Sexo03/11/2019 | 14h12Atualizada em 03/11/2019 | 14h12

Por que o sexo oral vira um tormento para muitas mulheres

Pesquisas mostram que 45% delas não gostam de fazer sexo oral nos seus parceiros

Lucia Pesca e Andrea Alves

 

falando de sexo, novo card.
Foto: Reprodução / Reprodução

Adoro fazer sexo oral, mas a minha namorada não gosta e me xinga quando a cobro. Fico meio irritado e perco todo o clima na hora do sexo. O que faço? Esta é uma dificuldade de muitas mulheres. Ainda hoje, sofremos as consequências de uma educação machista tentando atrapalhar a sexualidade do casal. Pesquisas mostram que 45% delas não gostam de fazer sexo oral nos seus parceiros. Se pensarmos que, enquanto os homens não gostam e não praticam sexo oral em suas parceiras, as mulheres não gostam, mas fazem. Essa diferença ainda é resquício da educação em que elas aprendem que é seu dever agradar o outro sexualmente.

Vire esse jogo

Infelizmente, a indústria pornográfica mostra um modelo de conduta  do sexo oral agressivo. Ela tem de aderir à prática até deixar a lágrima correr pelo canto do olho e continuar fazendo aquilo, enquanto ele segura a cabeça da mulher controlando os movimentos de acordo com o que quer, não conciliando com a vontade dela. Assim, o primeiro contato das meninas com o sexo oral pode ser uma experiência sem prazer, pautada no dever para apenas agradar. 

Tem que fazer porque ele gosta, "tem que ser assim, porque ele vai gostar de mim e me achar boa". Dessa forma, não se torna uma experiência compartilhada, em que os dois conseguem se excitar em conjunto. Passa a ser um sacrifício feito pela mulher para satisfazer o homem. Além disso, muitas ficam com repulsa. Então, com paciência conversem sobre o tema e cuide da higiene íntima.  

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros