Final do "Popstar" e mais coisas para ver na TV no fíndi - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Dicas da programação27/12/2019 | 10h17Atualizada em 27/12/2019 | 10h19

Final do "Popstar" e mais coisas para ver na TV no fíndi

O gaúcho Jakson Follmann é um dos favoritos no reality musical


SÁBADO


SÓTOCATOP
(RBS TV, 15h10min)

Foto: Divulgação' / TV Globo

As apresentadoras Maiara e Maraisa se despedem do comando da atração com uma grande retrospectiva dos melhores momentos da balada mais animada das tardes de sábado. A dupla sertaneja irá relembrar de participações de artistas de diferentes estilos musicais, de Marília Mendonça ao É o Tchan. Na semana que vem, o programa ganha uma edição de verão, que será comandada por Ludmilla e Mumuzinho. Diferente da versão tradicional, o SóTocaTop Verão foi gravado ao ar livre, na Marina da Glória, no Rio de Janeiro.  


CAZUZA
(Canal Brasil, 19h15min)
 

Foto: Canal Brasil / Divulgação

A vida louca e breve do rockeiro Cazuza é o foco da cinebiografia dirigida por Sandra Werneck em parceria com Walter Carvalho. A sede de liberdade permeava a trajetória de Cazuza (Daniel de Oliveira). Embalado por canções que marcaram uma geração, o longa-metragem acompanha a carreira do cantor e compositor, desde o encontro com o grupo Barão Vermelho até o precoce desfecho causado pela Aids, em 1990. Adepto da experimentação, o artista vivia intensamente. Sempre ao lado do filho, Lucinha Araújo (Marieta Severo) foi o pilar da resistência de Cazuza frente ao vírus HIV. Corajosamente, o músico encarou a doença e não abriu mão dos poucos prazeres que lhe restavam.


GRANDE CÍRCULO
(SporTV, 20h30min)

Foto: TV Globo / Divulgação

 Com a camisa 5 da seleção, Ana Paula fez parte de uma geração que iniciou a rotina de vitórias do vôlei feminino nacional. Tricampeã do Gand Prix, vice-campeã mundial e medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos de 1996, em Atlanta, nos Estados Unidos, a ex-jogadora nunca fugiu de embates, dentro e fora das quadras. Neste sábado, ela é a convidada do último Grande Círculo do ano. Formada em arquitetura após encerrar a carreira, Ana Paula aborda assuntos como sua trajetória no esporte, política, ideologias, a vida nos Estados Unidos e, claro, a histórica rivalidade com as cubanas, que teve seu ápice na semifinal olímpica de 1996. Após a derrota das brasileiras no tie-break, jogadoras das duas equipes iniciaram uma discussão na quadra que se estendeu até os vestiários. Ao lado do apresentador Milton Leite, fazem parte da bancada o narrador Cleber Machado, o comentarista de vôlei Nalbert, os repórteres Alê Oliveira, Gabriela Moreira e Joanna de Assis, e a editora do Globo Esporte em São Paulo, Cida Santos.


ALTAS HORAS
(RBS TV, 22h40min)

Foto: Fábio Rocha / TV Globo

O último programa do ano será uma grande celebração. O apresentador Serginho Groisman abre a edição especial de Ano Novo recebendo personalidades que tiveram sucesso em 2019. São eles: Rafael Vitti, IZA, Ludmilla, Xande de Pilares, Ingrid Guimarães, os jornalistas Marco Aurélio Souza e Maria Júlia Coutinho e a Família Grecco.
A história dos Grecco, que foram reconhecidos pela FIFA como torcedores do ano, será relembrada no estúdio. Tudo começou em 2018, quando Silvia e o filho deficiente visual, Nickollas, foram descobertos durante um jogo de futebol do Palmeiras pelo repórter Marco Aurélio Souza.
Após ter sido jurada do The Voice Brasil, IZA irá comemorar sua fase atual com o hit Pesadão, enquanto Ludmilla celebra o ano com a faixa Cheguei. Ainda em clima de gratidão, o músico Xande de Pilares irá levantar a plateia com Tá Escrito, que integrou a trilha da última novela das nove, A Dona do Pedaço.



DOMINGO  

 


POPSTAR
(RBS TV, 12h45min)

Foto: João Miguel Júnior / TV Globo

Seis finalistas e apenas um vencedor. Neste domingo, o público finalmente irá eleger e conhecer o grande campeão do PopStar, reality musical da Globo. Em sua terceira temporada, o programa teve um gostinho especial para os gaúchos: o ex-goleiro da Chapecoense Jakson Follmann foi destaque nas audições e o primeiro a conquistar uma vaga na grande decisão, que irá premiar a melhor voz com R$ 250 mil. Ao lado do esportista, estão outras cinco personalidades de diferentes áreas na luta pelo lugar mais algo do pódio: Danilo Vieira, Eriberto Leão, Helga Nemetik, Totia Meireles e Yara Charry garantiram as melhores pontuações em seus shows


 

PROGRAMA DUPLO
(Megapix, a partir de 15h35min)

Jesse Eisenberg no filme Truque de Mestre, suspense, cinema, filme, longa
Foto: Paris Filmes / Divulgação

Truque De Mestre: Daniel Atlas é o carismático líder do grupo de ilusionistas conhecido como "Quatro Cavaleiros". O que poucos sabem é que, enquanto encanta o público com suas mágicas sob o palco, o grupo também rouba bancos em outro continente. Estes crimes fazem com que o agente do FBI Dylan Hobbs esteja determinado em capturá-los a qualquer custo. 
Truque De Mestre - O Segundo Ato (17h45min): Os ilusionistas Daniel Atlas, Merritt McKinney e Jack Wilder, conhecidos como "Quatro Cavaleiros", continuam foragidos do FBI. Principalmente por causa da ajuda do agente Dylan. No entanto, eles são expostos por um jovem milionário que os força a roubar uma chave para todos os sistemas de computadores do mundo.



RETROSPECTIVA 2019
(TV Cultura, 21h15min)

Foto: TV Cultura / Divulgação

A TV Cultura traz os principais fatos que marcaram o ano – no Brasil e no mundo. Com 60 minutos de duração, o balanço conta com um formato superdinâmico, que propõe ainda mais intensidade aos acontecimentos. Para conduzir essa jornada, o jornalístico conta com Ana Paula Couto, Aldo Quiroga, Joyce Ribeiro e Karyn Bravo. Vai ao ar às 20h, na TV Cultura e no aplicativo Cultura Digital. Divido em quatro blocos, o programa apresenta os destaques de cada trimestre. Entre os assuntos tratados, estão a posse e os principais acontecimentos do governo Bolsonaro, os desastres ambientais que assolaram o País – passando por Brumadinho, queimadas e desmatamento na Amazônia e, também, pelo vazamento de óleo no litoral nordestino – e muitos outros temas.


CARANDIRU
(Canal Brasil, 23h05min)

Foto: Canal Brasil / Divulgação

Um médico (Luiz Carlos Vasconcelos) se oferece para realizar um trabalho de prevenção a AIDS no maior presídio da América Latina, o Carandiru. Lá ele convive com a realidade dos cárceres, que inclui violência, superlotação das celas e instalações precárias. Porém, apesar de todos os problemas, o médico logo percebe que os prisioneiros não são figuras demoníacas, existindo dentro da prisão solidariedade, organização e uma grande vontade de viver.


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros