Há risco de gravidez ao transar com camisinha? - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Falando de Sexo05/01/2020 | 16h12Atualizada em 05/01/2020 | 16h52

Há risco de gravidez ao transar com camisinha?

Preservativo pode ser bastante eficaz, mas deve ser utilizado da forma correta

Há risco de gravidez ao transar com camisinha? Reprodução/Reprodução
Foto: Reprodução / Reprodução
Lucia Pesca e Andrea Alves

Mesmo transando sempre de camisinha, há alguma possibilidade de a mulher engravidar?

Sim, há um pequeno risco. A camisinha pode ser usada como método contraceptivo e é considerada segura, sendo bastante eficaz quando utilizada da maneira correta, ou seja, do início ao fim da relação sexual e em todas elas.

É importante listar algumas medidas que devem ser seguidas para que o preservativo masculino possa ser eficaz.

/// Utilize sempre um preservativo novo a cada relação sexual.

/// Abra a embalagem com cuidado e evite usar os dentes e as unhas para isso.

/// Aperte a ponta da camisinha enquanto ela é desenrolada, até a base do pênis, para tirar o ar. Se o reservatório destinado ao sêmen estiver cheio de ar, o preservativo pode estourar.

/// Não utilize lubrificantes à base de óleo, porque danificam o látex.

/// Não reaproveite os preservativos.

/// Troque a camisinha quando houver diferentes posições de penetração, como ir do sexo anal ao vaginal, por exemplo.

/// Não use o preservativo se a cor dele estiver desigual ou alterada e também não utilize se ele parecer quebradiço, ressecado ou muito grudento.

Vale ressaltar que os preservativos femininos, embora sejam ainda pouco utilizados, também são eficazes contra a gravidez se usados de maneira correta. A taxa de sucesso na prevenção de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) e gravidez é de 90 a 95%.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros