Compositor processa Gusttavo Lima e pede R$ 20 milhões por uso indevido de música - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Na Justiça11/02/2020 | 10h13

Compositor processa Gusttavo Lima e pede R$ 20 milhões por uso indevido de música

A assessoria de imprensa do sertanejo informa que as "afirmações são infundadas"

Compositor processa Gusttavo Lima e pede R$ 20 milhões por uso indevido de música Félix Zucco/Agencia RBS
Processo contra Gusttavo Lima segue na 30ª Vara Cível de Goiânia Foto: Félix Zucco / Agencia RBS
GaúchaZH e Folhapress

O compositor André Luiz Gonçalves, autor da música Fora do Comum, entrou com um processo na Justiça contra o cantor Gusttavo Lima. Ele acusa o sertanejo de uso indevido da canção, alegando que o artista teria oferecido uma parceria e se apropriado de metade dos direitos autorais da composição.

Gonçalves pede uma indenização no valor de R$ 20 milhões, em processo que corre na 30ª Vara Cível de Goiânia. Em entrevista à colunista Fábia de Oliveira, ele relatou que houve uma negociação da parceria, que, no entanto, não teria avançado:

— Ele me chamou pra fazer uma parceria. Ele pediu pra eu gravar a música e mandar pra ele. Registrei a música e mandei pra ele. Passou uns dias e ele me ligou dizendo que só gravaria se eu aceitasse fazer uma sociedade com ele. Eu, de boa-fé, achei que ele só acrescentaria o nome dele na composição, mas ele foi lá e editou metade da música e registrou como 50% sendo de autoria dele. Pra não perder tudo, eu fui em outra editora pra registrar os meus 50% e não deixar de receber, porque quando eu fui registrar 100% da música no meu nome ele já havia feito o registro de metade. 

Gonçalves acusa Gusttavo Lima de ter ganhado, todos esses anos, com execuções nas rádios, plataformas digitais, além das vendas de CDs e DVDs. Ele também conta que o sertanejo teria prometido lançar outras canções dele, colocando-o como coautor.

— Gusttavo disse que eu podia confiar nele e dar a parceria pra ele, porque depois ele iria me devolver a minha parte através de outras músicas. Só que num outro trabalho ele só colocou meu nome na música Amor de Poeta. Eu cheguei a assinar para receber os direitos autorais dessa canção, mas nunca recebi nada.

Até o momento, foram realizadas duas audiências de conciliação, sem acordo. Na última, a defesa de Gusttavo Lima ofereceu um acordo, com o pagamento de R$ 50 mil parcelados em 10 vezes de R$ 5 mil e uma proposta para gravar um disco pelo escritório do cantor. O processo foi encaminhado para decisão em segunda instância.

O que Gusttavo Lima diz

Segundo o cantor, ele fez a música em parceria com Gonçalves, que recebeu 50% dos direitos autorais da faixa e que o processo "já foi sentenciado e julgado extinto em desfavor do compositor, que interpôs recurso de apelação e aguarda julgamento."

Em relação às acusações do compositor, a assessoria de imprensa de Lima informa que as "afirmações são infundadas". 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros