Curvatura peniana é um problema sério? - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Falando de Sexo12/02/2020 | 17h03Atualizada em 12/02/2020 | 17h03

Curvatura peniana é um problema sério?

Condição afeta aproximadamente 10% dos homens em todo o mundo

Curvatura peniana é um problema sério? Reprodução/Reprodução
Foto: Reprodução / Reprodução
Andrea Alves e Lucia Pesca

Não sei o que fazer, porque nunca passei por isso. Estou saindo com um cara que tem o pênis torto. É muito estranho, e ele disse que sente dor! O que é isso?

Amiga, muitos homens têm uma curvatura no pênis. Quando o quadro é mais sério, essa curva interfere na função sexual e causa dor. Isso afeta aproximadamente 10% dos homens em todo o mundo, embora poucos reconheçam. 

Há duas causas possíveis: uma é congênita (quando já nasce assim) e a outra é decorrente de alguma cicatriz adquirida ao longo da vida, o que caracteriza a doença de Peyronie (formação de uma cicatriz ou placa no tecido peniano, impedindo que o órgão se estique o suficiente quando fica ereto).

Quando o desvio tem mais de 30 graus, é importante fazer uma avaliação e intervenção médica. Algumas medidas podem ser tomadas para evitar uma curvatura maior ou  a vermelhidão que ocorre durante a ereção.

Como ocorre

Toda condição que propicia a torção do pênis no momento em que ele está ereto ou semiereto aumenta o risco de ocorrer a doença de Peyronie. Por exemplo: usar calças ou cuecas apertadas, dormir de bruços (enquanto dormem, eles podem ter de três a quatro ereções), masturbar-se freneticamente – esfregando o pênis de uma forma que possa dobrá-lo – e algumas posições sexuais. 

Em geral, quando a parceira mantém posição ativa na relação, o risco é maior, pois o pênis fica predisposto ao trauma. Neste caso, a mulher deve tomar cuidado para que o pênis não escape, e o peso do seu corpo recaia sobre o órgão.

Quando o homem assume a posição ativa, ele passa a controlar voluntariamente a amplitude de movimento. Por isso, dificilmente, o pênis se chocará contra o períneo (região em que estão situados os órgãos genitais e o ânus) ao sair da vagina durante o ato sexual, desencadeando o trauma. Diga ao seu namorado para procurar logo um urologista.

Leia outras colunas   

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros