Luiz Caldas diz que hoje não faria a música sobre a "nega do cabelo duro" - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Polêmica19/02/2020 | 09h01Atualizada em 19/02/2020 | 09h01

Luiz Caldas diz que hoje não faria a música sobre a "nega do cabelo duro"

Cantor participou do programa "Mais Você" e afirmou que às vezes o politicamente correto é necessário

Luiz Caldas diz que hoje não faria a música sobre a "nega do cabelo duro" Ver Descrição/Ver Descrição
Luiz Caldas, 57 anos Foto: Ver Descrição / Ver Descrição
GaúchaZH
GaúchaZH

Luiz Caldas, 57 anos, foi convidado para participar do programa Mais Você nesta terça-feira (18), na Globo. Lá, o cantor conversou sobre o politicamente correto e disse que não faria a música Fricote do jeito que fez.  

— Não escreveria esta canção hoje, a letra desta forma. Mas a música existe, faz parte da história, é super alegre, positiva.

O hit de 1985 é símbolo do axé e traz versos que hoje são considerados racistas. A música inicia com a frase "Nega do cabelo duro que não gosta de pentear...". Ao falar de seu caso, Luiz se explicou:

— Era uma outra época. Eu acredito que hoje Os Trapalhões não existiriam, por exemplo... Hoje existe o politicamente correto, e às vezes ele é necessário.

Ao ser questionado se a música entrava em seus repertórios nos shows, Luiz disse que sim, mas que tem muitas músicas, e por isso às vezes não toca a canção polêmica. 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros