Tatá Werneck sobre Rafa Vitti: "Ser boa mãe é obrigação, ser bom pai é qualidade" - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Desabafo25/02/2020 | 09h48

Tatá Werneck sobre Rafa Vitti: "Ser boa mãe é obrigação, ser bom pai é qualidade"

Apresentadora usou sua conta no Twitter para refletir sobre cobranças diferentes que são feitas entre mães e pais

Tatá Werneck sobre Rafa Vitti: "Ser boa mãe é obrigação, ser bom pai é qualidade" Reprodução / Tatá Werneck, Instagram/Tatá Werneck, Instagram
Os dois são pais de Clara Maria, que ontem completou quatro meses de vida Foto: Reprodução / Tatá Werneck, Instagram / Tatá Werneck, Instagram

Depois do nome Rafael Vitti entrar para os Trending Topics - ou assuntos mais comentados - do Twitter nesta segunda-feira (24), a apresentadora Tatá Werneck, esposa do ator, usou a rede social para propor uma reflexão sobre como as pessoas enxergam de modo diferente as obrigações paternas e maternas. Os dois são pais de Clara Maria, que completou quatro meses de vida no dia anterior.

"Rafa está sempre nos TT’s por ser bom pai (e ele é, maravilhoso), e as mulheres nunca estão por serem boas mães (e somos também). Temos que rever isso meninas", escreveu ela.

Uma seguidora concordou: "Aquele famoso não faz mais que sua obrigação...", ao que Tatá respondeu: "E ele sabe disso. Um dia eu (educada de forma machista) disse: obrigada. E ele disse: você não tem que me agradecer, é tanto sua filha quanto minha".

Outra seguidora retrucou: "Não é sobre você não ser maravilhosa (você é mais que isso), é sobre não estarmos acostumadas com tamanho respeito e amor de um homem". Tatá, então, explicou: "Sim! Mas isso que eu quis dizer, que ter um pai presente que compartilha das responsabilidades dos filhos é uma obrigação! Aí chega um cara que faz isso e vemos o quanto estamos carentes de relações de respeito".

Um terceiro seguidor respondeu: "Pisou no Rafa". Tatá esclareceu: "Rafa é maravilhoso! Não estou falando que ele não é! Estou questionando nosso olhar sobre as coisas! Um olhar que desvaloriza o esforço diário de todas as mães e que põe o pai num pedestal por fazer sua obrigação".

Outra seguidora opinou:"É porque é tipo ponto fora da curva entre os homens. Entre as mulheres ponto fora da curva é quem NÃO é boa mãe. Não estou dizendo que concordo, mas eu acho que o motivo é esse". Tatá respondeu: "Sim, é esse motivo! Foi o que uma menina me escreveu agora: ser boa mãe é obrigação, ser bom pai é qualidade".

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros