The Voice Kids: gaúchos de Itaqui e de Sapucaia são classificados para a próxima etapa - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Quinta temporada16/02/2020 | 17h28

The Voice Kids: gaúchos de Itaqui e de Sapucaia são classificados para a próxima etapa

Alice Araújo e Arthur Patta garantiram vagas para a fase das batalhas

The Voice Kids: gaúchos de Itaqui e de Sapucaia são classificados para a próxima etapa João Cotta / TV Globo/TV Globo
Claudia Leitte, Carlinhos Brown e Simone e Simaria formam o júri do programa Foto: João Cotta / TV Globo / TV Globo
GaúchaZH
GaúchaZH

Com talento de sobra e muita fofura, os candidatos mirins encantaram o público e os jurados no último dia de audições às cegas do The Voice Kids. Os pequenos subiram ao palco do reality musical, cantaram e torceram para que os técnicos Simone & Simaria, Claudia Leitte e Carlinhos Brown virassem as cadeiras na tarde deste domingo (16).

O primeiro a se apresentar foi Felipe Santos, o Felipinho, de São Paulo. Com 14 anos, ele encantou o público ao som de Coração do Maloqueiro. A dupla Simone & Simaria logo virou a cadeira para o pequeno, seguida por Claudia Leitte e Carlinhos Brown. O candidato escolheu o time das coleguinhas.

— Sabe de uma coisa? Você é muito bom no que faz. Quando está cantando passa uma coisa boa para a gente — disse Simaria.

Na sequência, esbanjando carisma, a gauchinha Alice Araújo, de Sapucaia do Sul, levantou a plateia cantando Erva Venenosa, de Rita Lee. 

— Que bonequinha. A gente vira a cadeira e vê tipo uma fadinha — afirmou Claudia Leitte.

Gaúcha de Sapucaia do Sul cantou Rita LeeFoto: Artur Meninea / Gshow

Logo depois, quem virou a cadeira para a pequena de nove anos foi Carlinhos Brown.

— O rock tem força, educa e traz anjos como você para nos abrilhantar — disse Brown, técnico escolhido por Alice.

Antes da apresentação, a candidata contou como começou a cantar:

— Falei: "Mãe, quero cantar!". Ela me botou numa escola de música. Também faço desenho dos meus looks e arraso — afirmou.

Quem veio depois foi o carioca Yisrael Fernando, 13 anos. Cantando When a Man Loves a Woman, sucesso do cantor norte-americano Michael Bolton, o candidato fez todas as cadeiras virarem, e escolheu o time Claudia Leitte.

— Você arrasou. Pense num negócio lindo, simplesmente para fazer os corações se derreterem de amor  — disse a técnica.

Quem se apresentou na sequência foi a candidata Rayne Almeida, nove anos, da Bahia. Ao som de Folha Seca, de Amado Batista, ela garantiu uma vaga no Time Simone & Simaria — as cantoras choraram durante a apresentação.

— Você nos emocionou com essa música, que é a música preferida da nossa mamãe. Que sorte a nossa ter uma princesa dessas — afirmou Simaria.

Com a música Amor Distante, Matheus Martins, 12 anos, chamou a atenção do técnico Carlinhos Brown, que virou a cadeira e elogiou o participante do Mato Grosso do Sul:

— É uma honra tê-lo aqui por perto porque tem algo especial em você. Você traz o clássico do sertanejo — elogiou Brown.

Logo depois, foi a vez de Giovanna Linhares, 10 anos, soltar a voz com um sucesso de Lady Gaga: Always Remember Us This Way. Fã de ioga e natural do Rio de Janeiro, ela escolheu fazer parte do time Claudia Leitte.

— Você começou grave e foi para o agudo, tem uma extensão massa. Vamos trabalhar isso — disse a técnica.

Quem subiu ao palco na sequência foi o gaúcho Vitor Henriques, natural de Sapucaia do Sul. Ao som de Caça e Caçador, sucesso de Fábio Jr., ele arrancou aplausos da plateia, mas não conseguiu se classificar para a próxima fase do programa. Após a apresentação, o candidato abraçou os técnicos, que lhe deram conselhos:

Candidato Vitor Henriques, de Sapucaia do Sul, cantou Caça e CaçadorFoto: Reprodução / TV Globo

— A repetição leva à perfeição. Quanto mais você praticar, mais vai se jogar naturalmente na música, sem ficar ansioso. É só curtir mais o som, você é jovem e talentoso, só precisa se divertir mais, porque está tudo dentro de você — disse Claudia Leitte.

Ao som de Beauty and The Beast, clássico dos filmes infantis, o candidato Paulo Gomiz, de 14 anos, impressionou os técnicos. Assim que o candidato começou a apresentação, Simone & Simaria viraram a cadeira. A performance do participante também encantou Claudia Leitte e Carlinhos Brown, mas ele optou pelo time das coleguinhas.

A penúltima a se apresentar nas audições às cegas foi Hanny Kethellyn, 13 anos. A menina, que começou a se apresentar na escola, atualmente participa de alguns festivais. No The Voice Kids, soltou a voz ao som de Alô, de Chitãozinho e Xororó, e garantiu vaga no time de Claudia Leitte.

Quem fechou as apresentações e completou o time de Carlinhos Brown foi o gaúcho Arthur Patta, 11 anos, de Itaqui. O candidato cantou Não Deixe o Samba Morrer, arrancando aplausos da plateia. A performance do pequeno teve até direito a uma dança no palco.

— Você levantou a plateia e canta como o povo gosta, com alma e sorrindo. Sua voz é de amor — elogiou Brown.

Gaúcho Arthur Patta, 11 anos, de ItaquiFoto: Artur Meninea / Gshow

O pequeno, que começou a cantar aos seis anos, em uma apresentação na pré-escola, agradeceu o técnico e se emocionou.

Gaúchos na competição

Também estão classificados para a próxima fase os gaúchos Ana Julia Poletto, 12 anos, de Marau, e Artur Ortega, 12, de Porto Alegre. A menina conquistou uma vaga no time de Claudia, enquanto Artur optou pela equipe de Brown.

Próxima fase

Com o fim das audições às cegas, que selecionou 24 crianças para cada time, o próximo programa dará início à fase das batalhas. Nesta nova etapa, os competidores cantam em trios – o técnico escolhe um para seguir na disputa, e dois deixam o programa.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros