Ficamos juntos, mas ele não me procurou mais: devo ir atrás? - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Falando de Sexo26/03/2020 | 15h15Atualizada em 26/03/2020 | 15h15

Ficamos juntos, mas ele não me procurou mais: devo ir atrás?

Às vezes, perdemos a chance de viver uma história legal pelo simples fato de não entrarmos em contato com a outra pessoa. 

Andrea Alves e Lucia Pesca

Saí com um cara quatro vezes. Foi muito legal: o papo rolou bem, o beijo e o sexo foram bons. Porém, de repente, ele não me procurou mais. Quem sempre chamava para sair era ele. Tenho muita vergonha de correr atrás. Minhas irmãs dizem que fazer isso é não se dar valor. O que vocês acham?

falando de sexo, novo card.
Foto: Reprodução / Reprodução

Amiga, é muita bobagem as pessoas não valorizarem sua intuição. Isso já é um problema, mas limitar o sentimento é o pior deles. Às vezes, perdemos a chance de viver uma história legal pelo simples fato de não entrarmos em contato com a outra pessoa. 

Se esse homem acelerou o seu coração, que não se ligou a homens certinhos e previsíveis, vá à luta sem estereótipos, sem medo! 

Leia outras colunas

Arrisque mais

Esqueça essa teoria de "não dar moral". Vá lá e tente a sorte, quebre a cara - se preciso for -, arrisque. Pensar, muitas vezes, é a distância entre os que sonham e os que vivem. 

Então, viva. Essa  fórmula de tentar encontrar a felicidade no amor usando artifícios como indiferença, cara feia e nariz empinado está ultrapassada. Não tem graça ter uma vida onde você precisa esconder seus sentimentos, porque alguns falam que isso é se dar valor. 

Mas também não se humilhe: se perceber que ele a despreza, faça uma tentativa, mas não pegue no pé. A sua parte está feita.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros