Michele Vaz Pradella: As reprises dos meus sonhos - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Noveleiros28/03/2020 | 10h00Atualizada em 28/03/2020 | 10h00

Michele Vaz Pradella: As reprises dos meus sonhos

Algumas tramas dos últimos anos merecem voltar ao ar

Michele Vaz Pradella: As reprises dos meus sonhos Instagram/Reprodução
Miguel e sua grande família Foto: Instagram / Reprodução

A pandemia de coronavírus mudou muita coisa, inclusive a programação da TV. A partir de segunda-feira, as três principais novelas da Globo serão reprises. E, no dia 6 de abril, nem Malhação escapa de um repeteco. Achei acertadas as escolhas para todas as faixas horárias: Malhação: Viva a Diferença, Novo Mundo, Totalmente Demais e Fina Estampa. Mas, se coubessem a esta noveleira que vos fala, as escolhas seriam diferentes.

Para as 18h, seria Sete Vidas (2015). A delicada história de Lícia Manzo, protagonizada pelo saudoso Domingos Montagner, foi original e emocionante em vários sentidos. A busca de vários jovens, nascidos de inseminação artificial, pela identidade do pai biológico mostrou que, ao final de tudo, laços de sangue pouco importam. 

Comédia e suspense

Às 19h, a boa pedida seria Ti-ti-ti (2010), remake da trama de sucesso dos anos 1980. Uma divertida comédia com Murilo Benício (Victor Valentim) e Alexandre Borges (Jacques Leclair), com destaque ainda para Claudia Raia como a doidivanas Jaqueline Maldonado. 

Jacques Leclair (Alexandre Borges) e Ari (Murilo Benício) gravam Ti-ti-ti.
Saudade dessa rivalidadeFoto: Zé Paulo Cardeal / TV Globo/Divulgação

E, finalmente, para o horário nobre, escalaria A Regra do Jogo (2015). Subestimada por muitos, foi uma trama bem entrelaçada, com boas reviravoltas e cenas impactantes.

resumos , a regra do jogo , noveleiros , dgol
Romero Rômulo e Atena poderiam voltar, né?Foto: TV Globo / Divulgação


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca