Mariana Xavier fala sobre relacionamento abusivo: "Vivia em um campo minado" - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Violência psicológica21/05/2020 | 11h04

Mariana Xavier fala sobre relacionamento abusivo: "Vivia em um campo minado"

Atriz participou de uma transmissão ao vivo nas redes sociais e relembrou relação conflituosa 

Mariana Xavier fala sobre relacionamento abusivo: "Vivia em um campo minado" Mariana Xavier Instagram / Reprodução/Reprodução
Mariana Xavier sobre relações abusivas: "Se você começa editar suas histórias para contar para a família ou amigos, para 'não pensarem mal dele', acenda um sinal de alerta" Foto: Mariana Xavier Instagram / Reprodução / Reprodução

A atriz e comediante Mariana Xavier participou de uma transmissão ao vivo no Instagram em parceria com a revista Marie Claire nesta quarta-feira (20). No bate-papo com o repórter Felipe Carvalho, ela abriu detalhes do seu antigo casamento, que terminou em 2008, e contou que vivia em um relacionamento abusivo

 — A gente tem uma tendência a achar que um relacionamento só é abusivo se tem agressão física, mas quando a violência é psicológica é muito mais fácil você negligenciar. A mulher foi criada com essas ideias de ter que ser paciente. "Ele é menino, ele vai aprender, ele faz isso porque ele te ama" — disse ela. — Nem todo relacionamento abusivo evolui para uma agressão física, mas se chegou a esse ponto já existia uma violência psicológica que foi negligenciada.

Olhando para trás, Mariana destaca três sentimentos que devem servir para ligar o alerta da toxicidade de uma relação: medo, humilhação e vergonha. 

— Se você começa editar suas histórias para contar para a família ou amigos, para "não pensarem mal dele", acenda um sinal de alerta. A base de um relacionamento saudável é admirar a pessoa. Você tem vontade de mostrar para o mundo como é incrível aquela pessoa que está com você — afirmou.

A atriz contou ainda que, por causa do então marido, se afastou de muitos amigos, o que pode ser um dos indicadores de uma relação abusiva.

— Eu vivia em um campo minado. Ele dizia que o que mais gostava em mim era minha leveza e espontaneidade, mas fui perdendo isso porque nunca sabia quando ele ia ter uma virada de humor. Fui me afastando de todo mundo, só não fiquei profundamente sozinha porque meus laços de amizade eram tão sólidos que mesmo nesse período de ausência não se desfizeram — refletiu.

Mesmo assim, Mariana afirma não pensar no ex como uma pessoa ruim.

— Não vejo meu ex-marido como mau caráter ou psicopata, eu acho que é uma pessoa que precisava muito de ajuda e não admitia. As pessoas ainda têm muito preconceito e dificuldade de olhar para suas dores emocionais e pedirem ajuda, principalmente os homens por causa do machismo e da masculinidade tóxica — opinou.

Por fim, a atriz relatou que, depois da separação, se fechou para possíveis namoros e ficou sete anos sem beijar ninguém. Para se entregar a outra relação, demorou mais tempo ainda: 11 anos. 

— Namorar com rótulo de namorado foi agora com o Diego. Demorou, mas veio caprichado — comemorou ela, que assumiu namoro com o ator Diego Braga em agosto do ano passado.


 
 
 
 
 
 

Mais sobre

 
Diário Gaúcho
Busca