Após ser criticada, Luísa Sonza desabafa sobre machismo e recebe apoio de famosas - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Cancelada?15/06/2020 | 15h05Atualizada em 15/06/2020 | 15h05

Após ser criticada, Luísa Sonza desabafa sobre machismo e recebe apoio de famosas

Novo clipe da cantora com Vitão, lançado no Dia dos Namorados, tem tido mais repercussão negativa que positiva

Após ser criticada, Luísa Sonza desabafa sobre machismo e recebe apoio de famosas Jonathan Wolpert/Divulgação
Foto: Jonathan Wolpert / Divulgação

A cantora Luísa Sonza, de 21 anos, tem sido criticada nas redes sociais desde o anúncio do fim de seu casamento com o youtuber Whindersson Nunes, 25, em abril. Na época, eles compartilharam o mesmo texto dizendo que "jamais vai acabar o amor, carinho e respeito um pelo outro". 

Mesmo assim, não foram poucos os comentários maldosos. Algumas pessoas insinuaram que Luísa ficou com Whindersson por interesse, já que no início do namoro ela não era famosa, mas hoje se firmou como uma das cantoras pops de mais sucesso no Brasil.  O youtuber até saiu em defesa da ex-esposa.

Mas o "hate" só aumentou depois que a gaúcha lançou o clipe de Flores, uma parceria com Vitão, na última sexta-feira (12). Os dois fizeram mistério sobre a canção. No dia anterior ao lançamento, ao postarem uma foto juntos na casa da cantora, boatos de um possível romance surgiram.

No entanto, não passava de uma estratégia para a divulgação do novo trabalho. Mesmo assim, as críticas só se multiplicaram com a divulgação do vídeo, onde eles aparecem em cenas sensuais.

Lançado em pleno Dia dos Namorados, o clipe já teve mais de 24 milhões de visualizações e contabiliza mais "dislikes" (3,5 milhões) do que "likes" (1,4 milhão). Na tarde de sábado (13), a cantora se manifestou a respeito em seu perfil no Twitter. 

Luísa disse que, embora sua equipe quisesse bloquear os "likes" e "dislikes" no vídeo, ela achou melhor mantê-los e explicou: 

"Eu não vou privar porque quero que as pessoas vejam como as mulheres são tratadas até quando só estão fazendo seu trabalho nesse país", disse. 

Na mesma publicação, Luísa afirmou: "Sempre serei voz por nós, mulheres. Nunca ninguém vai me parar. Fiquem tranquilas", finalizou ela, com um emoji de coração.

Whindersson compartilhou o post da ex e acrescentou: "Também quero deixar claro que não compactuo com nenhum tipo de hate. A tristeza dos outros me entristece, não vejo justiça em julgar. Se você gosta de mim ou for meu amigo, não participe desse tipo de coisa", pediu.

As cantoras Ludmilla eNegra Li, as atrizes Marina Ruy Barbosa e Bruna Marquezine e as ex-BBBs Thelma Assis, Rafa Kalimann e Gabi Martins foram algumas das celebridades que demonstraram apoio a Luísa na mesma rede social. 

Veja algumas:


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros