Marina Ruy Barbosa diz que "ainda está em busca de autoestima" - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Sobre amor próprio02/06/2020 | 12h30

Marina Ruy Barbosa diz que "ainda está em busca de autoestima"

Em bate-papo virtual, atriz contou que é muito sensível em sua vida pessoal

Marina Ruy Barbosa diz que "ainda está em busca de autoestima" Marina Ruy Barbosa Instagram  / Reprodução/Reprodução
Marina Ruy Barbosa contou ser muito sensível e intensa na vida pessoal em bate-papo virtual com a cantora Manu Gavassi Foto: Marina Ruy Barbosa Instagram / Reprodução / Reprodução

A atriz Marina Ruy Barbosa falou sobre autoestima – e a "eterna" busca por ela – em uma transmissão ao vivo pelo Instagram com a cantora e ex-BBB Manu Gavassi no sábado (30). No bate-papo, as duas conversaram sobre amor próprio e empatia, e a ruiva assumiu ser insegura em alguns aspectos de sua vida pessoal:

— Estou buscando ela (autoestima) até hoje. Sou muito segura em relação ao trabalho. Na minha vida pessoal, sou muito sensível, intensa... Não sou frágil, mas sou mais coração aberto. Para lidar com amor e amizade, sou mais manteiga — desabafou.

Manu se identificou com a fala de Marina e contou que também tem dificuldade de ter a postura decidida do trabalho na vida pessoal.

— Meu desafio de vida foi esse também. Me perguntava: "Por que eu não consigo ter a mesma postura do meu trabalho na vida pessoal?". Na minha vida amorosa, deixo as pessoas me fazerem de trouxa. 

Para a cantora, a moda foi um meio de se empoderar e encontrar sua autoestima.

— Fiz terapia e a moda me ajudou muito em relação ao amor próprio. Quanto mais maluca, com maquiagem colorida, melhor eu me vejo. A moda é importante para eu encontrar minha autoestima. Hoje, estou com meu cabelo da cor natural que mostra melhor meu rosto e visto as roupas que eu quero — afirmou ela.

Já Marina, que cresceu em frente ao público, contou que já chegou a forçar uma ideia de "mulher" ao passar  muita maquiagem para provar que já não era mais criança.

— Quando eu olho minhas fotos antigas, relembro que me enchia de maquiagem, tudo para mostrar que eu já tinha crescido e podia pegar papeis de mulher — contou.

Confira a conversa na íntegra:


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros