A terapia sexual online é eficiente? - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Falando de Sexo02/08/2020 | 20h03Atualizada em 04/08/2020 | 15h44

A terapia sexual online é eficiente?

Neste momento de pandemia, o tratamento segue sendo realizado, mesmo que via internet

Andrea Alves e Lucia Pesca

Fiquei sabendo que é possível realizar consultas online sobre problemas sexuais. Vocês, que são psicólogas e trabalham com essas questões, acham que, mesmo falando pela internet, esses dilemas podem ser resolvidos?

falando de sexo, novo card.
Foto: Reprodução / Reprodução

Somos psicólogas e trabalhamos na área de sexologia e terapia de casal. Neste momento de pandemia, estamos atendendo só por meio de consultas online. O tratamento e a atenção são os mesmos oferecidos em consultas presenciais. 

Como o paciente, agora, tem mais tempo e motivação para se dedicar ao tratamento e às tarefas que propomos, a solução do problema está sendo mais rápida. O sexólogo é o profissional de saúde que tem formação para ajudar indivíduos e casais a abordarem fatores emocionais, psicológicos, pessoais ou interpessoais que afetam a vida sexual. 

O objetivo de uma terapia sexual é ajudar as pessoas a superarem os desafios físicos e emocionais, possibilitando uma vida sexual satisfatória.

Leia as colunas anteriores

Mudança positiva

Nos últimos anos e, principalmente, neste momento de isolamento social – no qual as pessoas se voltaram para dentro de seus relacionamentos e de suas vidas –, temos visto crescer a busca por profissionais de sexologia. À medida que a tecnologia avança, alguns tabus e barreiras vão sendo derrubados. Com isso, a possibilidade de consultar um sexólogo online, entender o que pode ser feito para melhorar o sexo e saber lidar com alguns desafios passa a ser mais natural.

Os problemas sexuais mais comuns e levados a uma consulta online são disfunção erétil, diminuição do desejo, falta de interesse, ejaculação precoce, baixa confiança ou falta de autoestima na cama, ausência de resposta ao estímulo sexual, dificuldade de atingir o orgasmo, desejo exagerado, pensamentos sexuais angustiantes e fetiches indesejados.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros