Maiara & Maraisa e Marília Mendonça se unem pra exaltar modões e sofrência - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Música29/08/2020 | 12h00Atualizada em 09/10/2020 | 15h37

Maiara & Maraisa e Marília Mendonça se unem pra exaltar modões e sofrência

Cantoras lançam na próxima sexta (quatro), EP com 21 faixas, gerado após live

Maiara & Maraisa e Marília Mendonça se unem pra exaltar modões e sofrência Reprodução/Facebook
Live de junho gerou o álbum Foto: Reprodução / Facebook

Antes da pandemia de coronavírus, o show Festa das Patroas, idealizado por Marília Mendonça e Maiara & Maraisa, varria o Brasil com os sucessos das cantoras, nomes influentes na música sertaneja. Porém, com a paralisação dos eventos, o show virou uma das lives mais bombadas do período de isolamento social, em junho. 

A partir daí, surgiu a ideia de divulgar uma música por semana e de registrar o projeto em áudio e vídeo, com regravações e faixas inéditas. Agora, as sertanejas lançam uma coletânea - nas plataformas digitais - que reúne todas essas canções. Neste fim de semana, com entrevistas exclusivas, Retratos da Fama é dedicado às patroas!

Live vira álbum inédito

Desde junho, quando fizeram o primeiro show virtual juntas, batizado de Live das Patroas, Marília Mendonça e Maiara & Maraisa perceberam que a parceria - que já era um sucesso de público em apresentações presenciais desde 2017 - poderia virar um disco promissor. É só conferir os números desse trio para saber que a ideia agradaria aos fãs: só no YouTube, as irmãs gêmeas têm mais de dois bilhões de visualizações em seus principais clipes, enquanto Marília tem mais de três bilhões. 

Semanalmente, as cantoras passaram a disponibilizar as canções que fizeram parte do repertório da live.  Mas a maior novidade é a consolidação desse material em uma coletânea, batizada de Patroas, com 21 faixas, que será lançada nas plataformas digitais na próxima sexta-feira (quatro).  

Clássicos e novidades

Em julho, o trio lançou duas canções inéditas e autorais que caíram no gosto do público: Quero Você do Jeito que Quiser e 10 de Setembro. Em agosto, veio Você Nem É Tudo Isso, também uma composição delas. No mesmo mês, o projeto resgatou um dos grandes clássicos da música sertaneja nacional: Nuvem de Lágrimas (de Paulo Debétio e Paulinho Rezende), lançada originalmente em 1989 e que se popularizou nas vozes de Chitãozinho & Xororó. 

A intenção, ao gravarem  versões de sucessos, é homenagear grandes clássicos  e cantores da música sertaneja, como Nada Mudou (Di Paullo & Paulino), Deixa Eu Te Amar (Edson & Hudson) e Não Aprendi Dizer Adeus (Leandro & Leonardo). 

As cantoras, além de fazerem um tributo aos “modões” (como são conhecidos os clássicos do sertanejo), também representam a renovação do gênero musical por meio de canções inéditas, como as recentes Assunto Delicado e Uma Vida a Mais. 

Leia mais
Marília Mendonça canta sucessos em live para mais de 3 milhões de espectadores; veja reações das redes
Marília Mendonça pede desculpas após ser acusada de transfobia: "Aprenderei com meus erros"

"O retorno que a gente recebe é muito positivo"

Por e-mail, as irmãs gêmeas Maiara & Maraisa, 32 anos, naturais de São José dos Quatro Marcos, Mato Grosso, falam sobre a parceria com Marília e o preconceito que a mulherada ainda sofre na música. 

Como surgiu a ideia da parceria?

Maiara e Maraísa
Irmãs veem como positivo a repercussão que geram nas pessoasFoto: Fábio Rocha / TV Globo/Divulgação

Maiara - Logo que começaram as lives, a galera começou a pedir a Festa das Patroas, que é um projeto que a gente tem com a Marília desde 2017, mas que, por conta das agendas, tivemos que parar um pouco. Agora, por causa da pandemia, sobrou tempo, juntamos as ideias e decidimos repaginar o projeto. Da live já surgiu esse novo álbum com regravações e músicas inéditas. 

Definitivamente, vocês se tornaram as patroas do sertanejo, nomes muito fortes, que geram repercussão nas pessoas. Como veem isso?

Maraisa – De alguma maneira, é uma responsabilidade que levamos no nosso dia a dia, mas o retorno que a gente recebe é muito positivo. As pessoas veem em nós essa mulher independente, profissional, dona de si. Isso é muito legal, porque a gente é o que é e, se conseguimos tocar a vida das pessoas de alguma forma, é muito positivo. 

Como enxergam o preconceito em relação às cantoras, atualmente?

Maiara - Acho que isso vem sendo superado mais e mais, a cada dia. Nós mesmas já passamos por muitas situações complicadas nesse sentido, mas é com muito trabalho que a gente prova, a cada dia, que todos somos iguais. O mercado está aberto para receber os bons profissionais, que levam a sério e com amor o seu trabalho. 

Leia mais
Maiara chora em live e pede que mulheres parem de atacá-la por término de namoro

"A nossa união sempre foi verdadeira"

Também por e-mail, a goiana Marília, 25 anos, comenta sobre o surgimento de novas cantoras e a união com Maiara & Maraisa. 

marília mendonça.
Marília fala sobre a união do trioFoto: Divulgação / Divulgação

Neste momento, a união de vocês passa uma mensagem legal para as mulheres, né? 

A nossa união sempre foi muito verdadeira e de amor desde sempre. Nos conhecemos, e esse sentimento de irmãs já nasceu logo. Então, todas as vezes em que estamos juntas ou quando fazemos um trabalho em parceria, acho que conseguimos passar essa verdade e transmitir essa união que existe entre nós.

Como foi a seleção de repertório?

A gente queria colocar no repertório músicas que compusemos há alguns anos e, por falta de tempo, nunca paramos para gravar. Além disso, nesse projeto tem uma homenagem aos grandes cantores do sertanejo que tanto nos inspiram.

Como vê o surgimento de tantas cantoras no meio sertanejo?
Acho sempre muito positivo ter pessoas com qualidade que chegam para somar e levar música, levar entretenimento para o nosso povo. São sempre bem-vindas.

Pitaco da Mari Araújo

Comunicadora da 92 (92.1 FM) nos programas Domingão das Patroas, Fica a Dica, Conecte 2ª Edição, Sextou e Top 15 e colunista da seção 92 Mais Mulher, do DG.

Quero Você do Jeito que Quiser já está rolando na 92 e, de cara, teve uma ótima aceitação da audiência. O trio, formado por Marília Mendonça e Maiara & Maraisa, é muito querido pelo público. Inclusive, o nome do programa Domingão das Patroas (que vai ao ar aos domingos, às 15h) foi inspirado nessa parceria. 

Em um meio extremamente masculino, ter mulheres tão poderosas e talentosas no segmento é de grande valor. Além de serem um fenômeno por expressarem seus sentimentos nas canções, elas trazem  representatividade para a música sertaneja.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros