Como controlar a ansiedade na hora H? - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Falando de Sexo15/09/2020 | 16h57Atualizada em 16/09/2020 | 15h20

Como controlar a ansiedade na hora H?

Uma das dicas é transar com mais frequência, que ajuda o o corpo a prevenir a ansiedade.

Como controlar a ansiedade na hora H? Reprodução/Reprodução
Foto: Reprodução / Reprodução
Andrea Alves

Eu sou um homem muito preocupado, acho que, na verdade, inseguro. Aí, quando vou transar com uma mulher, tenho mil preocupações: se vou agradar, se a parceira vai achar bom o tamanho do meu pênis e se vou conseguir segurar a ejaculação até ela gozar. São coisas que eu não consigo responder e que ficam martelando na minha cabeça. O que faço?

Amigo, tente controlar essa ansiedade. Se prender a esses questionamentos não resolve nada. Pelo contrário, só essa atitude só atrapalha.  Em relação ao tamanho do seu pênis, lembre-se de que, para as mulheres, a largura do órgão é mais importante do que o comprimento. O comprimento médio de um pênis adulto ereto é de 14 centímetros. 

Já sobre a satisfação sexual da parceira, saiba que isso não depende só da habilidade do par. Para elas, atingir o clímax da relação depende mais da conexão emocional que surge na hora do sexo.

Leia as colunas anteriores

Dica

A possibilidade de ejaculação precoce causa muita preocupação nos homens. Então, você pode diminuir sua ansiedade usando a técnica de "pausa e aperto". Faça isso tanto na relação sexual quanto na masturbação. Para empregar essa técnica, o homem precisa interromper a penetração ou parar de tocar em seu pênis quando estiver prestes a ejacular. Nesse momento, então, deve apertar a ponta do órgão, esperar um pouco e, em seguida, voltar a transar ou se masturbar. 

A utilização de preservativo também pode ajudar a segurar a ejaculação. Além disso, transar com mais frequência é uma forma de tornar o corpo habituado ao prazer sexual, o que também ajuda a prevenir a ansiedade.

Relaxe e não se preocupe tanto. As mulheres, geralmente, levam de 10 a 20 minutos para chegarem ao orgasmo durante o sexo. Enquanto isso, os homens levam cerca de sete a 14 minutos. Essas são apenas médias, é claro. O que importa, apesar dessas diferenças no sexo, é que os parceiros dialoguem e orientarem mais um ao outro sobre o prazer.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros