Michele Vaz Pradella: "Novo normal" exige criatividade e reinvenção - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Noveleiros05/09/2020 | 10h00Atualizada em 05/09/2020 | 10h00

Michele Vaz Pradella: "Novo normal" exige criatividade e reinvenção

A arte imita a vida, a vida modifica a arte

Michele Vaz Pradella: "Novo normal" exige criatividade e reinvenção TV Globo/Divulgação
Bruno escreveu e protagonizou o "Diário de um Confinado" Foto: TV Globo / Divulgação

Os últimos meses têm exigido do ser humano bem mais do que paciência e esperança. Em muitas profissões, é preciso reinventar a roda e fazer da criatividade o combustível para lidar com esse "novo normal" que se apresenta desde o início da pandemia. 

A classe artística teve que criar formas de continuar em ação, mesmo sem sair de casa. A partir daí, nasceu uma nova maneira de fazer e de ver televisão: surgiram produções feitas de um jeito novo, com artistas acumulando as funções de atores, diretores, produtores e criadores de conteúdo. E não é que deu muito certo?

Isolados e geniais

Surgiu, por exemplo,  Diário de um Confinado, série criada e estrelada por Bruno Mazzeo. No elenco, estrelas como Lázaro Ramos, Marcos Caruso e a incrível Renata Sorrah. O resultado foi divertidíssimo. Tanto que, em breve, o público poderá conferir novos episódios.

amor e sorte, Tais Araujo e Lazaro Ramos como Tabata e Cadu
Lázaro e Taís estão em "Amor e Sorte"Foto: TV Globo / Divulgação

A arte imita a vida, a vida modifica a arte. Na próxima terça-feira, estreia Amor e Sorte, criada pelo gaúcho Jorge Furtado, mais uma produção desses novos tempos, com as duplas Fernanda Montenegro e Fernanda Torres, Lázaro Ramos e Taís Araujo, Emilio Dantas e Fabiula Nascimento e Caio Blat e Luisa Arraes. Criatividade e talento não faltam para esse povo!

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros