RBD retorna às plataformas digitais e aumenta a expectativa de fãs para 4 de outubro - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Nostalgia e empolgação06/09/2020 | 13h36Atualizada em 06/09/2020 | 13h36

RBD retorna às plataformas digitais e aumenta a expectativa de fãs para 4 de outubro

Perfis oficiais nas redes sociais prometem novidades para a data, que marca os 16 anos da estreia da novela que originou o grupo

RBD retorna às plataformas digitais e aumenta a expectativa de fãs para 4 de outubro Divulgação/Spotify
Grupo mexicano ganha playlist oficial no Spotify Foto: Divulgação / Spotify
GZH
GZH

Se era pop mexicano nostálgico que faltava para sua playlist de quarentena ficar completa, seus problemas acabaram. Desde a noite de quinta-feira (3), a discografia do grupo RBD retornou às principais plataformas de streaming de áudio, após oito anos indisponível. 

Um fenômeno na primeira década dos anos 2000, a banda nasceu dentro de uma telenovela da Televisa, Rebelde, produzida de 2004 até 2006. O sucesso musical ultrapassou o televisivo e o grupo seguiu unido até 2009. Apelando, então, principalmente ao público adolescente, o RBD se tornou uma verdadeira febre, lotando shows, vendendo pulseiras e espalhando gravatas vermelhas por toda a América Latina.

Durante os cinco anos, o grupo lançou seis discos de estúdio — disponíveis agora em streaming —, além de seis versões ao vivo, que seguem indisponíveis nos apps de música. Reconhecendo a grande base de fãs brasileiros, o RBD também disponibilizou as versões em português dos discos Rebelde, Celestial e Nosso Amor Rebelde.

Mas a emoção não para por aí para os rebeldes de plantão. Nas últimas semanas, perfis oficiais do grupo nas redes sociais e ex-membros da banda começaram a provocar os fãs em relação a 4 de outubro. A data, aniversário da estreia da novela há 16 anos, promete grandes alegrias (e traz alguma dose de ansiedade) para os seguidores do RBD.

Anahí, por exemplo, publicou em 27 de agosto um vídeo curto em seu perfil do Twitter, convocando os fãs para se registrarem no site rb2.world. No endereço, o cadastro requer nome, e-mail, telefone e país dos fãs. Um mapa mundi parece sugerir pontos em que pessoas já se registraram. A legenda clama: "Se cadastre para ser parte de uma nova união de amor, esperança, alegria e música para o mundo".

Fãs especulam se o grupo irá se reunir outra vez, talvez em uma turnê comemorativa como a dos irmãos Sandy e Júnior, no último ano. Devido à pandemia, também é possível que eles promovam algum evento virtual comemorativo — o que explicaria as referências a uma ação "mundial". 

Paradeiro

Desde o fim do grupo, os membros do RBD seguem trajetórias distintas na mídia. Anahí continuou sua carreira solo na música, com os discos Mi Delirio (2009) e Inesperado (2016); e, além de participações em programas de televisão, ela ainda escreveu um livro sobre maternidade, intitulado Valiente. Em fevereiro deste ano, seu segundo filho nasceu

Dulce Maria, por sua vez, está atualmente grávida. Como cantora, ela lançou desde o fim do RBD os álbuns Extranjera (2010), Extranjera: Segunda Parte (2011), Sin Fronteras (2014) e DM (2017). Já como atriz, ela foi recentemente confirmada na segunda temporada da série latina Falsa Identidad, após alguns papéis na televisão nos últimos anos.

Enquanto isso, Maite Perroni recebeu bastante destaque recentemente graças ao seriado Desejo Sombrio, da Netflix. Ao longo da última década, ela protagonizou pelo menos 10 seriados, além de ter participado de uma série teatral.

Alfonso Herrera também manteve uma carreira bastante focada na atuação, com diversas peças teatrais, filmes e séries em seu portfólio. Diferentemente dos outros membros do grupo, contudo, ele não parece estar envolvido nos novos projetos do RBD, uma vez que não publicou nada a respeito em suas redes sociais.

Uma das teorias dos fãs diz que Alfonso, um ativista de causas sociais, não quis se encontrar com Christopher von Uckermann, que divulgou diversas mensagens afirmando que a pandemia de coronavírus seria uma farsa. Uckermann lançou um álbum após o RBD, mas acabou desenvolvendo mais sua carreira de ator, com participação em séries e filmes.

Por fim, Christian Chávez participou de outras telenovelas, como Despertar Contigo e Like, La Leyenda. Ele ainda participou de peças teatrais, filmes e séries. Desde o final de RBD, ele lançou um álbum, Almas Transparentes (2010), e três EPs: Libertad (2011), Esencial (2012) e Conectado (2018).

 
 
 
 
 
 

Mais sobre

 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros