Após fim de semana de baixa procura, cinemas da Capital aguardam novos lançamentos para atrair público - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Retomada27/10/2020 | 09h17Atualizada em 27/10/2020 | 09h17

Após fim de semana de baixa procura, cinemas da Capital aguardam novos lançamentos para atrair público

Sem muitas estreias na programação, GNC Cinemas e Cineflix voltaram a operar na última sexta-feira

Após fim de semana de baixa procura, cinemas da Capital aguardam novos lançamentos para atrair público Félix Zucco/Agencia RBS
Público voltou aos poucos: sem problemas registrados pelos cinemas da Capital Foto: Félix Zucco / Agencia RBS

Com aumento gradual de público, os cinemas de Porto Alegre que reabriram suas salas avaliam o primeiro fim de semana de atividades com tranquilidade. Na última sexta-feira (23), as redes GNC Cinemas e Cineflix voltaram a receber os clientes após a divulgação de decreto municipal no início da semana.

Naquele dia, os dois complexos tiveram pouca movimentação, conforme registrado pela reportagem de GZH. No Cineflix, que opera no Shopping Total, a procura aumentou 100% no sábado (24) e 60% no domingo (25), sempre considerando os números de sexta-feira.

— Quem veio ao cinema, estava com muita saudade e feliz, percebemos que todos saíram satisfeitos e contentes com nosso retorno — atesta Claudia Fraga, gerente operacional do Cineflix Total.

Até a publicação desta reportagem, os relatórios ainda não tinham sido finalizados na rede GNC Cinemas. Segundo Hormar Castello, um dos sócios-diretores, a movimentação foi impulsionada pelas estreias de Os Novos Mutantes e de SCOOBY! O Filme

— O movimento esteve no nível esperado, porque acreditamos que as pessoas estão tomando coragem de voltar ainda — reforça Castello.

Tanto no GNC quanto no Cineflix, a média foi de 10% de ocupação total das poltronas no fim de semana. Mesmo com a baixa procura, com salas registrando cinco ou seis espectadores, as sessões não chegaram a ser canceladas. No Cineflix, algumas salas chegaram a atingir 50% de ingressos vendidos da cota de 30% permitida pelo decreto.

Para as próximas semanas, os dois complexos aguardam que o público seja atraído pelos lançamentos. Nesta quinta-feira (29), a expectativa é para a estreia de Tenet, de Christopher Nolan, considerado um dos títulos mais aguardados do ano, que deve alavancar a taxa de ocupação geral dos assentos.  

Além do filme de Nolan, mudanças pontuais no calendário de lançamentos já estão sendo estudadas. Castello, que também é presidente do Sindicato dos Exibidores Cinematográficos do Rio Grande do Sul, aponta que as distribuidoras já estão sendo acionadas para reverem suas previsões. Um exemplo é Mulher-Maravilha 1984, que tem lançamento marcado para 24 de dezembro, e está sendo tratado como prioridade para ganhar uma antecipação.

— É tudo na base da conversa, teremos uma reunião com a Warner Bros (distribuidora) nesta semana. A ideia é adiantar em, pelo menos, 15 dias — conta Castello.

A realização de programações especiais, como o Festival Nolan, que reexibiu filmes do cineasta para aquecer a estreia de Tenet com preços mais acessíveis, também é outra estratégia estudada para trazer o público novamente para o escurinho do cinema. Até o momento, nenhum novo festival ainda foi confirmado.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros