Guri de Uruguaiana comemora a volta aos palcos: "Estou me achando a picanha do rodízio" - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Só se fala noutra coisa!24/10/2020 | 12h00Atualizada em 25/10/2020 | 17h33

Guri de Uruguaiana comemora a volta aos palcos: "Estou me achando a picanha do rodízio"

Humorista fala, ainda, sobre o Haloween

Guri de Uruguaiana comemora a volta aos palcos: "Estou me achando a picanha do rodízio" Fabrício Eckhard/Divulgação
Quem tem medo do Haloween? Foto: Fabrício Eckhard / Divulgação

A bruxa está solta, chê!

Chê! Está chegando o Haloween, que é celebrado no dia 31 de outubro. Nessa época do ano, eu sempre me lembro do Licurgo. O vivente foi comprar uma máscara para um baile do Dia das Bruxas, mas venderam só os elásticos para ele! 

Por coincidência, no Haloween do ano passado, a minha sogra estava aqui em casa. Como sou muito educado, fui dar os parabéns. Ela ficou brava uma barbaridade e ameaçou ir embora! Eu respondi: 

- Pode ir! Eu posso até lhe emprestar a vassoura. 

Que barbaridade! Ela ficou mais irada do que quero-quero protegendo a ninhada. 

E falou assim:

- Se eu morasse aqui, botaria veneno no teu chimarrão!

Eu retruquei: 

- Se a senhora morasse aqui, eu tomava com o maior prazer! 


Temor

Muita gente sente medo de sair de casa no Dia das Bruxas. Que bobagem! O meu único temor é passar o cartão de crédito na maquininha e receber a mensagem em letras garrafais: “NÃO AUTORIZADO”. 

Volta aos palcos em grande estilo

Após vários meses sem fazer shows na modalidade presencial, finalmente, estarei de volta aos palcos. O espetáculo ocorrerá na modalidade híbrida, com plateia reduzida, conforme decreto municipal, e com transmissão ao vivo pela internet. 

Lançamento oficial

E o palco desse evento não poderia ser melhor: o Teatro do Bourbon Country, na Capital, um dos maiores do Rio Grande do Sul. Bah! Estou me achando a picanha do rodízio!  Uma ocasião louca de especial dessas merece uma novidade bagual: o lançamento oficial do meu novo show musical, acompanhado da minha superbanda. 

No repertório, clássicos da música gaúcha - como Querência Amada e Canto Alegretense - paródias como Aipim Frito e versões de sucessos consagrados de artistas como Beatles e Elvis Presley (1935 - 1977). A banda é composta por Guri de Uruguaiana (voz, violão, ukulelê e charango), Álvaro Luthi (baixo e vocal), Luciano Camargo (gaita e vocal), Jairo Kobe (percussão e vocal), Nestor dos Reis (bateria e vocal) e Licurgo, o gaúcho emo (não toca nada e canta menos ainda). Um espetáculo para todas as idades e com uma baita qualidade musical. 

O show ocorrerá no dia 28 de novembro, às 20h, no Teatro do Bourbon Country (Túlio de Rose, 80). Em breve, os ingressos estarão à venda no site teatrodobourboncountry.com.br.

Novo clipe do ar

Chê! Nesta semana, eu lancei um baita clipe, no meu canal do YouTube, com a Banda do Guri interpretando, apenas com vozes, as músicas gaúchas mais abagualadas. Do Fundo da Grota, do Baitaca, Eu Reconheço que Sou Grosso, do Gildo de Freitas (1919 - 1982), João Balaio, do Mano Lima, É Disto que o Velho Gosta, de Berenice Azambuja e Não Podemo Se Entregá pros Home, de Leopoldo Rassier (1936 - 2000) foram as escolhidas! Confere lá no youtube.com/gurideuruguaiana.

coluna do guri de uruguaiana , 24 e 25 de outubro de 2020
Assiste lá, vivente!Foto: YouTube / Reprodução

Tirinha do Guri

Foto:


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros