Lucy Alves diz já ter vivido relacionamentos tóxicos: "Me machucava e achava que o problema fosse eu" - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Em entrevista18/10/2020 | 12h56Atualizada em 18/10/2020 | 12h56

Lucy Alves diz já ter vivido relacionamentos tóxicos: "Me machucava e achava que o problema fosse eu"

Cantora relatou ter entendido que o problema era a relação depois de conversar com outras mulheres

Lucy Alves diz já ter vivido relacionamentos tóxicos: "Me machucava e achava que o problema fosse eu" Lucy Alves Instagram / Reprodução/Reprodução
"É uma opressão velada", diz Lucy Alves sobre relacionamentos tóxicos Foto: Lucy Alves Instagram / Reprodução / Reprodução

A cantora e atriz Lucy Alves falou, em entrevista à revista Quem publicada nesta quinta-feira (15), sobre suas experiências com relacionamentos tóxicos. Autora da música Me Deixa Ser Mulher, que aborda o tema, Lucy foi questionada se acredita que houve algum avanço social nesta questão.

— A gente vê minorias ganhando espaço e lugar de fala. Para mim, enquanto mulher e artista, foi importante falar. O que penso, meu sentimento. Isso engloba vários e vários assuntos, muitas inseguranças, dos padrões que criados, muitos abusos diários que nós, mulheres, sofremos de diversas formas. Muitas vezes, a gente nem sabe, nem se dá conta de que está sendo abusada. Não é fácil — refletiu. 

Lucy então relatou que teve que lidar com muitos abusos quando se mudou para o Sudeste para tentar carreira solo.

— Vim em carreira solo, tive que lidar com o mercado, com pessoas… Estava sozinha, obviamente com o apoio da minha família, e pude perceber vários desses abusos. Foi o momento de ressignificá-los. (...) É o momento necessário para abordarmos diversos assuntos, como relacionamentos tóxicos amorosos, no trabalho, na vida. Seguimos avançando e ainda temos muito para avançar e aprender. Há muito para se falar e para se apoiar. Quanto mais a gente fala, mais pessoas se sentem mais fortes para falar sobre seus dilemas, suas feridas e me senti segura — contou ela.

Por fim, relatou que já viveu relacionamento tóxicos, nos quais achava que o problema era ela.

 — Descobri depois que vários dos meus relacionamentos foram tóxicos para mim, porque me deixavam em um lugar de muita vulnerabilidade, de muita insegurança… É uma opressão velada. De repente, você se vê ficando triste, desgostosa, até você se dar conta que não quer aquele tipo de vida. Mas até você se dar conta disso, já se machucou tanto… Já vivi muito disso com alguns dos homens com quem me relacionei. (...) Eu me machucava e achava que o problema fosse eu. Depois que comecei a escutar outras mulheres e querer entender, vi que esses meus desconfortos foram fruto desse relacionamento — concluiu.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros