Gravações de "Nos Tempos do Imperador" são retomadas pela Globo - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Vem aí24/11/2020 | 09h06Atualizada em 24/11/2020 | 09h06

Gravações de "Nos Tempos do Imperador" são retomadas pela Globo

Ainda sem data de estreia, novela dará sequência aos acontecimentos de "Novo Mundo", com Selton Mello no papel de Dom Pedro II

Gravações de "Nos Tempos do Imperador" são retomadas pela Globo João Miguel Júnior/TV Globo/Divulgação
Selton Mello e Jackson Antunes viverão Dom Pedro II e Duque de Caxias, respectivamente Foto: João Miguel Júnior / TV Globo/Divulgação
GZH
GZH

Paralisadas desde março por conta da pandemia de coronavírus, as filmagens da nova novela das seis, Nos Tempos do Imperador, foram retomadas pela Globo. De acordo com a emissora, as gravações, por enquanto, ocorrerão apenas na cidade cenográfica da novela, nos Estúdios Globo, "com equipes reduzidas e seguindo todos os protocolos de para evitar a disseminação do vírus".

Escrita por Thereza Falcão e Alessandro Marson, Nos Tempos do Imperador estava prevista para estrear em 30 de março, logo após o fim de Éramos Seis. No entanto, com a pandemia, a Globo optou por ocupar a faixa com as reprises de Novo Mundo — novela de 2017 que antecede os acontecimentos da inédita — e Flor do Caribe, que está atualmente no ar.

Desde agosto, as novelas Amor de Mãe, que ocupava a faixa das nove, e Salve-Se Quem Puder, das sete, estão sendo gravadas com adaptações para evitar o contágio de coronavírus entre a equipe. Os capítulos finais de Amor de Mãe devem ir ao ar em março de 2021. Os outros folhetins ainda não têm previsão de estreia.

Trama

Dando sequência a Novo Mundo, que contou a história da chegada da família real ao Brasil, Nos Tempos do Imperador irá se passar a partir de 1856, mais de 30 anos após o fim da novela anterior. A nova produção irá acompanhar o reinado de Dom Pedro II, interpretado por Selton Mello, que volta à teledramaturgia depois de 20 anos.

Nesse período, o herdeiro está preocupado em desenvolver a educação do Brasil e com o futuro de sua família, ao lado da imperatriz Teresa Cristina (Leticia Sabatella) e as filhas Isabel (Any Maia/ Giulia Gayoso) e Leopoldina (Melissa Nóbrega/ Bruna Griphão). Por isso, Dom Pedro II começa a preparar as princesas para assumirem responsabilidades no trono, em missão que terá a ajuda da Condessa de Barral, Luísa (vivida por Mariana Ximenes). Determinada, a "professora" é moderna e chamará a atenção do imperador, causando reviravoltas na vida dele.

Outros personagens-chave da trama são Pilar (Gabriela Medvedovski) e Jorge/Samuel (Michel Gomes). Ela é uma mulher preocupada com a sua independência, com o sonho de ser médica, e tenta convencer o pai Eudoro (José Dumont) a não casá-la com outro vilão da novela, Tonico (Alexandre Nero), futuro candidato a deputado pela Bahia. Sem negociação, Pilar decide fugir. No caminho, seu destino é cruzado com o de Jorge/Samuel, escravo que luta por sua liberdade e que escapa de sua fazenda. Os dois se encontram e acabam se apaixonando.

Mais tarde, o casal é levado até Dom Pedro II, que irá ajudá-los na realização de seus sonhos. A intenção é de que eles auxiliem na luta por igualdade na sociedade, respeitando a Constituição e fortalecendo a união das províncias.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros